Logo

Consulta Remédios

Anvisa

Amioron

1 oferta
Geolab
Item-1 Princípio ativo: amiodarona Item-3 Necessita de receita. Item-3 Branca comum.
Publicidade

Indicações: - Distúrbios graves do ritmo cardíaco, inclusive aqueles resistentes a outras terapêuticas (como por exemplo na Doença de Chagas);
- Taquicardia ventricular documentada;
- Taquicardia supraventricular documentada;
- Alterações do ritmo associadas à síndrome de Wolff-Parkinson-White.

Contra-Indicações: Contra-indicados nos seguintes casos:
- Hipotensão arterial grave, colapso circulatório.
- Doença tireoidiana presente ou anterior.
- Hipersensibilidade ao iodo, à amiodarona ou a qualquer um dos excipientes da fórmula.
- Bradicardia sinusal, bloqueio sino-atrial e doença do nó sinusal.
- Distúrbios graves de condução atrioventricular.

Interação: - Substâncias metabolizadas pelo citocromo 450 3A4 (CYP3A4) - pode ocorrer um aumento de suas concentrações no plasma, o que poderá acarretar um possível aumento de sua toxicidade.
- Ciclosporina: pode aumentar os níveis plasmáticos de ciclosporina.
- Fentanil: pode acentuar os efeitos farmacológicos do fentanil e acarretar o aumento do risco de toxicidade.
- Outros medicamentos metabolizados pelo CYP3A4: lidocaína, tacrolimus, sildenafil, midazolam, triazolam, diidroergotamina, sinvastatina e outras estatinas metabolizadas pelo CYP 3A4 que podem provocar toxicidade muscular.
- Medicamentos antiarrítmicos: risco de "torsade de pointes".
- O uso de laxativos pode levar a depleção de potássio.

Posologia: 600 a 1000 mg ao dia durante 8 a 10 dias. Determinar a dose mínima eficaz que pode variar de 100 a 400 mg/dia.

Classe Terapêutica: Antiarrítmico

Categorias: Pressão Alta, Antihipertensivos

Feedback-icon
Anvisa

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.