Logo

Consulta Remédios

Anvisa

Annita

41 ofertas
Farmoquímica
Item-1 Princípio ativo: nitazoxanida Item-3 Necessita de receita. Item-3 Branca comum.
Publicidade

Indicações: - Amebíases - Está indicado no tratamento da diarréia causada pelo complexo Entamoeba histolytica.
-Giardíases - Está indicado no tratamento da diarréia causada por Giardia lamblia ou Giardia intestinalis.
- Helmintíases -É um anti-helmíntico efetivo contra nematódeos, cestódeos e trematódeos, indicado no tratamento de Enterobius vermiculares, Ascaris lumbricoides, Strongyloides stercolaris, Ancilostomíase, Trichuris trichiura, Taenia sp, Hymenolepis nana. Está indicado no tratamento do Blastocistis hominis, Balantidium coli, Isospora belli e no tratamento da diarréia causada por Crysptosporidium parvum (e todas as espécies de Cryptosporidium de acometimento em humanos).

Contra-Indicações: - Hipersensibilidade à fórmula.

Interação: - Com anticoagulantes do tipo cumarínicos como a varfarina e com o anticonvulsivante fenitoína deve ser avaliado com cautela.

Posologia: Uso Oral
- Suspensão oral e comprimidos revestidos devem ser administrados com alimentos, o que garante uma elevada absorção do medicamento.

Pó para suspensão oral.
- Helmintíases, amebíase, giardíase, isosporíase, balantidíase, blastocistose - 7,5 mg por kg a cada 12 horas, por 3 dias, com alimentos.

Comprimidos revestidos.
-Pode ser administrado a adultos e crianças acima de 12 anos de idade.
-Helmintíases, amebíase, giardíase, isosporíase, balantidíase, blastocistose: 500 mg 2 vezes por dia, por 3 dias consecutivos, com alimentos. Criptosporidíase: em pacientes sem imunodepressão, a posologia indicada é de 1 comprimido de 500 mg, 2 vezes por dia, por 3 dias consecutivos, com alimentos.

Classe Terapêutica: Antiparasitário

Feedback-icon
Anvisa

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.