Logo

Consulta Remédios

Anvisa

Cimetilab

2 ofertas
Multilab
Item-1 Princípio ativo: cimetidina Item-3 Necessita de receita. Item-3 Branca comum.
Publicidade

Indicações: Tratamento dos distúrbios do trato gastrintestinal.
Acidez gástrica.
Esofagite.
Hipersecreção gástrica.
Úlcera duodenal.
Úlcera do estômago.

Contra-Indicações: Hipersensibilidade à cimetidina, ou a qualquer outro componente do medicamento.
Em pacientes com asma ou doença cardíaca.
Em caso de úlcera gástrica maligna.
Gravidez.
Lactação.

Interação: Pode ter sua ação diminuída por antiácidos,anticolinérgicos (ex: Biperideno), metoclopramida.
Pode ter sua ação noturna prejudicada por cigarros.
Pode aumentar a ação e também as reações adversas de antidepressivo tricíclico, benzodiazepina, bloqueador do canal de cálcio, caféina, carbamazepina, cloroquina, fenitoína, lidocaína, metoprolol, metronidazol, pentoxifilina, propranolol, quinidina, quinina, sulfoniluréia, teofilina, triantereno, varfarina.
Pode aumentar a ação de flecaimida, fluorouracil.
Pode diminuir a ação de cetoconazol, digoxina, fluconazol, indometacina, sal de ferro, tetraciclina.
Pode sofrer ou provocar aumento das reações adversas com analgésico narcótico.
Pode aumentar efeito hepatotóxico com Paracetamol.

OBS: Não indicar este medicamento para pacientes que utilizem qualquer outro medicamento.

Posologia: Em geral a dose diária total não deve exceder 2,4 g.
Úlcera gástrica duodenal ou benigna: dose diária única de 800 mg ao deitar ou 400 mg duas vezes ao dia no desjejum e ao deitar.
Crianças: 20 a 40 mg por kg de peso corporal por dia, divididos em 2 ou mais tomadas.

Classe Terapêutica: Antiulceroso

Categorias: Gastrointestinal, Úlcera e Gastrite

Feedback-icon
Anvisa

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.