Logo

Consulta Remédios

7896116801517

Diane 35

21 ofertas Item-1 Princípio ativo: acetato de ciproterona Item-3 Necessita de receita. Item-3 Branca comum.
Publicidade

Indicações: Anticoncepcional oral.

Para o tratamento de distúrbios andrógeno-dependentes na mulher, tais como a

acne, principalmente nas formas pronunciadas e naquelas acompanhadas de

seborréia, inflamações ou formações de nódulos (acne papulopustulosa, acne

nodulocística); alopecia androgênica; casos leves de hirsutismo; síndrome de

ovários policísticos (SOP).

Contra-Indicações: Presença ou história de processos trombóticos/tromboembólicos arteriais ou venosos;

Presença ou história de sintomas e/ou sinais prodrômicos de trombose;

História de enxaqueca com sintomas neurológicos focais;

Diabetes melitus com alterações vasculares;

Presença ou história de pancreatite associada à hipertrigliceridemia grave;

Presença ou história de doença hepática grave;

Presença ou história de tumores hepáticos e neoplasias;

Sangramento vaginal não-diagnosticado;

Gravidez/lactação.

Interação: Outros fármacos podem produzir sangramento de escape e/ou diminuição

da eficácia do contraceptivo oral.

Antibióticos, como as penicilinas e tetraciclinas, podem reduzir as concentrações

do etinilestradiol.

interações podem ocorrer com fármacos que induzem as enzimas microssomais, o que pode resultar em aumento da depuração dos hormônios sexuais (exemplo: com fenitoína, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina e também possivelmente com oxcarbazepina, topiramato, felbamato, griseofulvina e produtos contendo Erva de São João).

Posologia: Obedecer a ordem indicada na cartela, por 21 dias consecutivos, mantendo-se aproximadamente o mesmo horário. Cada nova cartela é iniciada após um

intervalo de pausa de 7 dias.

Classe Terapêutica: Anticoncepcional

Categorias: Anticoncepcional, Pílula

Feedback-icon
Anvisa

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.