Logo

Consulta Remédios

7898040321253

Dolamin Flex

18 ofertas
Farmoquímica
Item-1 Princípio ativo: cloridrato de lisina + cloridrato de ciclobenzaprina Item-3 Necessita de receita. Item-3 Branca comum.
Publicidade

Indicações: Destina-se ao tratamento da dor de origem musculoesquelética, principalmente quando acompanhada de contratura muscular.

Contra-Indicações: •Pacientes com antecedentes de asma ou espasmo dos brônquios, pólipos nasais, reações alérgicas ou urticária ocasionados pela administração de ácido acetilsalicílico (aspirina) ou outros anti-inflamatórios não esteroides.
•Pacientes em tratamento com medicamentos inibidores da monoamino oxidase (IMAO) até duas semanas depois de sua suspensão.
•Infarto agudo do miocárdio recente, insuficiência cardíaca, arritmias, bloqueio de ramo ou transtornos da condução.
•Hipertireoidismo.
•Gravidez
•Lactação
•Pacientes abaixo de 15 anos
•Hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula.

Interação: •O uso concomitante com anticoagulantes orais, ticlopidina, heparina (administração sistêmica) e trombolíticos aumenta o risco de hemorragia. Se a administração concomitante for inevitável, devem ser realizados controles rigorosos da coagulação sanguínea, ajustando-se as doses dos medicamentos que a modificam, de acordo com os resultados.
•Os anti-inflamatórios não esteroides em geral aumentam os níveis plasmáticos de lítio. A concentração plasmática de lítio deve ser controlada ao se iniciar, modificar ou suspender a administração de Dolamin Flex.
•O tratamento simultâneo com metotrexate e anti-inflamatórios não esteroides podem aumentar a toxicidade hematológica de metotrexate. Nesses casos, controles hematológicos rigorosos devem ser realizados.
•O uso concomitante com outros anti-inflamatórios não esteroides, incluindo o ácido acetilsalicílico em doses altas, pode aumentar o risco de úlcera do estômago, do duodeno e hemorragias.
•Em pacientes desidratados, o tratamento com anti-inflamatórios não esteroides aumenta o risco potencial de insuficiência renal aguda. Em caso de tratamento concomitante com clonixinato de lisina e diuréticos, deve-se hidratar adequadamente os pacientes e controlar a função renal antes de começar o tratamento.
•O tratamento simultâneo com anti-inflamatórios não esteroides e anti-hipertensivos (ex: betabloqueadores, inibidores da ECA, vasodilatadores, diuréticos) causa diminuição da eficácia anti-hipertensiva por inibição das prostaglandinas vasodilatadoras.
•Devido à presença de ciclobenzaprina, a interação com medicamentos inibidores da enzima monoaminooxidase (IMAOs) pode ocasionar crise de hipertermia, convulsões e evolução fatal.
•O efeito anti-hipertensivo da guanetidina e de seus congêneres pode ser bloqueado quando administrados concomitantemente com Dolamin Flex.


Posologia: Tomar um comprimido três vezes ao dia em intervalos regulares, sendo as doses ajustadas de acordo com a intensidade da dor.

A dose máxima diária é de seis comprimidos.

Não é recomendada a administração continuada por mais de duas ou três semanas.

Classe Terapêutica: Antiinflamatório

Categorias: Dor e Contusão, Relaxante Muscular

Feedback-icon
Anvisa

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.