Logo

Consulta Remédios

Anvisa

Durateston (C5)

1 oferta
Scheringplough
Item-1 Princípio ativo: testosterona Item-3 Necessita de receita. Item-3 Receita retida. Item-3 C5 Branca 2 vias.
Publicidade

Indicações: - Em terapia de reposição da testosterona em distúrbios hipogonadais no homem, p. ex.: após a castração; eunucoidismo; hipopituitarismo; impotência endócrina; sintomas do climatério masculino, tais como diminuição da libido e decréscimo da atividade mental e física; certos tipos de infertilidade originária de distúrbios da espermatogênese. Sobretudo, a terapêutica c/ testosterona pode ser indicada em osteoporose de origem deficitária de andrógenos.

Contra-Indicações: - História ou suspeita de carcinoma prostático ou mamário.
- Hipersensibilidade à fórmula.

Interação: - Doses elevadas de androgênios podem aumentar a ação dos Anticoagulantes cumarínicos permitindo uma redução na dose destes.
- Em pacientes diabéticos os anfrogênios podem melhorar a tolerância à glicose e reduzir a necessidade de insulina ou outros antidiabéticos.

Posologia: Uso Injetável
- Em geral, a dosagem deve ser ajustada de acordo c/ a resposta individual do paciente.
- Usualmente, uma injeção de 1 ml cada 3 semanas é o adequado.

Classe Terapêutica: Hôrmonio Masculino

Categorias: Hormônios e Enzimas, Reposição Hormonal

Feedback-icon
Anvisa

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.