Logo

Consulta Remédios

Anvisa

Hidroflux

1 oferta
Medquímica
Item-1 Princípio ativo: hidroclorotiazida Item-3 Necessita de receita. Item-3 Branca comum.
Publicidade

Indicações: Tem como indicação no tratamento da hipertensão arterial, quer isoladamente ou em associação com outros fármacos anti-hipertensivos.
Tratamento dos edemas associados com insuficiência cardíaca congestiva, cirrose hepática e com a terapia por corticosteróides ou estrógenos.
Tratamento no edema relacionado a disfunção renal.

Contra-Indicações: Hidroclorotiazida é contra-indicada para os pacientes com anúria e aqueles que apresentem hipersensibilidade à hidroclorotiazida ou outros fármacos derivados da sulfonamida.

Interação: Pode aumentar ou potencializar a ação de outros fármacos anti-hipertensivos. Pode interferir sobre as insulinas e reduzir o efeito de hipoglicemiantes orais.
Antiinflamatórios não esteróides podem reduzir os efeitos diuréticos e anti-hipertensivos.

Posologia: Adultos - Dose inicial: 50 a 100 mg/dia, em uma só tomada pela manhã ou em doses fracionadas. Após uma semana, ajustar a posologia até se conseguir a resposta terapêutica desejada sobre a pressão sanguínea.
Lactentes e Crianças:
- Até 2 anos: 12,5 a 25 mg/dia.
- De 2 a 12 anos: 25 a 100 mg/dia.
- A dose pediátrica diária usual deve ser baseada em 2 a 3 mg/kg de peso corporal, dividida em duas tomadas.

Classe Terapêutica: Diurético e Antihipertensivo

Categorias: Alergia e Infecção, Corticóide

Mostrando valores referentes ao ICMS de 18% - São Paulo. Altere sua localização Está em outro lugar? Cadastre-se ou faça o login.

  • S_icon Hidroflux 25mg, caixa(s) com 30 comprimido(s) hidroclorotiazida Medquímica Lock
    Add Ver detalhes
  • S_icon Hidroflux 25mg, caixa(s) com 60 comprimido(s) hidroclorotiazida Medquímica Lock
    Add Ver detalhes
  • S_icon Hidroflux 50mg, caixa(s) com 20 comprimido(s) hidroclorotiazida Medquímica Lock
    Add Ver detalhes
Feedback-icon
Anvisa

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.