Logo

Consulta Remédios

Anvisa

Neocetheo

0 ofertas Item-1 Princípios ativos: bacitracina + sulfato de neomicina Item-3 Necessita de receita
Publicidade

Indicações: - No tratamento de infecções bacterianas da pele e mucosas, causadas por microorganismos sensíveis: piodermites, impetigo, eczemas infectados, furúnculos, antraz, éctima, abcessos, acne infectada, intertrigo, úlceras cutâneas e queimaduras infectadas.
- Na profilaxia de infecções cutaneomucosas decorrentes de cortes (inclusive de origem cirúrgica), abrasões, queimaduras pouco extensas, ferimentos, produzidos por microorganismos sensíveis.
- Infecções nasais e do ouvido externo, causadas por microorganismos sensíveis.

Contra-Indicações: - Hipersensibilidade aos componentes da associação.
- Em casos de insuficiência renal grave, danos preexistentes no aparelho auditivo ou no sistema labiríntico.
- Durante a gravidez ou a amamentação.
- Não deve ser utilizado em bebês prematuros e nos recém-nascidos em vista da sua função renal pouco desenvolvida, o que leva ao prolongamento da meia-vida do produto e, também, pelo potencial ototoxicidade e nefrotoxicidade deste medicamento.

Interação: - Não se recomenda o uso simultâneo desta associação com fármacos relacionados, por exemplo, outros aminoglicosídeos, por via sistêmica, já que reações de hipersensibilidade podem ocorrer com maior freqüência.

Posologia: Uso Tópico.
- Aplicar sobre a região afetada 2 a 5 vezes ao dia, utilizando- se ou não curativos semi-oclusivos.
- Em queimaduras e cavidades pós-cirúrgicas pode-se utilizar faixas de gaze com o produto.

Classe Terapêutica: Antibiótico Tópico

Categorias: Pele e Mucosa, Quelóides e Cicatrizantes

  • No momento nenhuma drogaria possui esse produto.

Feedback-icon
Anvisa

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.