Logo

Consulta Remédios

Anvisa

Pramipezan (C1)

1 oferta
Item-1 Princípio ativo: dicloridrato de pramipexol Item-3 Necessita de receita. Item-3 Receita retida. Item-3 C1 Branca 2 vias.
Publicidade

Indicações: Iindicado no tratamento dos sinais e sintomas da doença de Parkinson idiopática,
podendo ser usado como monoterapia ou associado à levodopa.
Indicado para o tratamento sintomático da Síndrome das Pernas Inquietas (SPI)
idiopática.

Contra-Indicações: Hipersensibilidade à droga ou aos excipientes da sua fórmula.
Gravidez e lactação.

Interação: Pode reduzir a eliminação da cimetidina.
Recomenda-se cautela quando os pacientes estiverem tomando, qualquer outro medicamento sedativo ou álcool e medicamentos que aumentem os níveis plasmáticos de pramipexol (por exemplo cimetidina).

Posologia: A posologia deve ser aumentada gradualmente a partir de uma dose inicial de 0,375 mg/dia, subdividida em três doses diárias, e deve ser aumentada a cada 5 a 7 dias.
A dose individual deve situar-se entre 0,375 mg/dia e a dose máxima de 4,5 mg/dia.

Classe Terapêutica: Antiparkinsoniano

Categorias: Sistema Nervoso, Parkinson

Feedback-icon
Anvisa

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.