3 MEDICAMENTOS COM

Complexo B

1 Ofertas de R$18,65 até R$18,65
Apenas com Ofertas
Ordenar:

Informações do Complexo B

Descrição

Complexo B é indicado de carência múltipla de vitaminas do Complexo B e suas manifestações. Tem ação reguladora das carências quando já existem manifestações clínicas causadas pela deficiência vitamínica.

Indicação do Complexo B

Complexo B é indicado no tratamento da carência múltipla de vitaminas do complexo B e suas manifestações.

Contraindicação do Complexo B

Complexo B é contraindicado para pacientes que apresentem hipersensibilidade aos constituintes da fórmula.

Não está indicado no tratamento de hipovitaminoses específicas graves.

Não administrar a pacientes parkinsonianos em uso de levodopa isolada.

Tipo de receita

Isento de Prescrição Médica

Posologia do Complexo B

Complexo B Comprimidos revestidos:

Adulto:

1 comprimido 3 vezes ao dia ou conforme orientação médica.

Complexo B Concentrado Comprimidos revestidos:

Adultos:

1 comprimido ao dia ou conforme orientação médica.

Solução Oral (Gotas):

Crianças até 6 anos:

5 a 10 gotas, 3 vezes ao dia.

Crianças de idade escolar (7 a 10 anos) ou adultos:

40 a 60 gotas ao dia, divididas em 2 tomadas (1 ml corresponde a 23 gotas).

Xarope:

Adultos:

1 colher das de sobremesa (10 ml) ao dia.

Crianças:

1 colher das de chá (5 ml) 1 vez ao dia.

Reações adversas do Complexo B

Em pessoas com reconhecida hipersensibilidade à tiamina, podem ocorrer fenômenos alérgicos caracterizados por eritemia, prurido, náuseas, vômitos e reação anafilática. Esses fenômenos são raros, parecendo estar mais relacionados à administração endovenosa de tiamina pura.

A administração de tiamina associada a outras vitaminas do complexo B parece reduzir o risco dessas reações.

Em alguns pacientes podem ocorrer dor e irritação no local da aplicação de Complexo B.

Interação medicamentosa do Complexo B

Riboflavina:

  • - Concomitante com álcool impede sua absorção intestinal;
  • - Antidepressivos tricíclicos ou fenotiazínicos podem aumentar suas necessidades;
  • - Probenecida diminui sua absorção gastrintestinal.

Piridoxina:

  • - Pode reduzir os níveis séricos de fenitoína e fenobarbital;
  • - Pode reverter os efeitos antiparkinsonianos da levodopa (o mesmo não ocorre com a associação carbidopa-levodopa), cloranfenicol, etionamida, hidralazina, imunossupressores (como adrenocorticóides), azatioprina, ciclofosfamida, clorambucil, corticotropina, mercaptopurina), isoniazida ou penicilamina;
  • - Podem causar anemia ou neurite periférica por sua ação antagônica à piridoxina, anticoncepcionais orais contendo estrogênios;
  • - Podem aumentar as necessidades de piridoxina.

Cuidados e orientações do Complexo B

Não administrar a vitamina B6 com a levodopa, a não ser que ela esteja associada a um inibidor da descarboxilase. Administrar com cuidado em casos de úlcera péptica.

Pacientes idosos

Não existem na literatura, relatos sobre advertências ou recomendações do uso adequado de Complexo B por pacientes idosos.

Ações da substância do Complexo B

Resultados de Eficácia

Foram avaliadas a segurança e a eficácia do uso de uma combinação oral das vitaminas B1, B6 e B12 no tratamento da dor e perda de mobilidade decorrentes da osteoartrite. Um período de tratamento aberto, de quatorze dias de duração, foi adotado para pacientes apresentando osteoartrite do joelho ou quadril. Os pacientes foram submetidos a uma série de avaliações clínicas e laboratoriais antes da primeira dose do tratamento, após sete dias de tratamento e ao final do período de administração do medicamento de quatorze dias. A incidência de eventos adversos e o uso de medicamentos concomitantes também foram monitorados em cada visita do estudo. Em cada visita do estudo avaliações de osteoartrite foram realizadas incluindo uma escala visual de dor de 100 mm, e pesquisa de condição global e satisfação com o tratamento realizado por ambos os pacientes e os médicos. Ao final do estudo, uma avaliação adicional foi avaliada para avaliar a disposição do paciente de continuar o tratamento de combinação das vitaminas B.

A segurança clínica foi avaliada pela comparação das diferenças entre as avaliações clínicas e laboratoriais obtidas no pré- tratamento, no meio do estudo e ao final do estudo, bem como a incidência e severidade de quaisquer eventos adversos. Uma comparação entre as avaliações realizadas pelo paciente e pelo médico em cada visita do estudo foi utilizada para avaliar a eficácia do tratamento. Foram tratados com o medicamento do estudo cinquenta e quatro pacientes. Uma alteração clinicamente significativa foi observada entre as avaliações de eficácia pré-tratamento e ao final do estudo, incluindo as de dor, mobilidade e condição global da osteoartrite. As avaliações médicas da condição global dos pacientes e da satisfação com o tratamento também apresentaram uma alteração clinicamente significativa entre o pré-tratamento e a avaliação final do estudo.

Nenhuma alteração clinicamente significativa foi observada nas avaliações clínicas e laboratoriais dos pacientes durante o estudo. Baseado nos resultados deste estudo clínico, conclui-se que a combinação cianocobalamina, mononitrato de tiamina e cloridrato de piridoxina é eficaz e segura no tratamento da dor e perda de mobilidade associada com a osteoartrite.

Características Farmacológicas

As vitaminas do complexo B atuam como coenzimas no metabolismo dos lipídios, hidratos de carbono e de proteínas, participando do processo de transformação dos alimentos em energia na forma de ATP. As vitaminas do complexo B, como quase todas as vitaminas, não podem ser produzidas pelo organismo, portanto, devem ser obtidas de fontes externas como a alimentação e a suplementação farmacológica (polivitamínico). A deficiência de vitaminas a curto e a médio prazo compromete o estado geral do indivíduo, podendo ocasionar sintomas como fraqueza, cansaço, fadiga, diminuição da resistência às infecções, recuperação retardada às doenças e a longo prazo, favorece o desenvolvimento de doenças crônico-degenerativas.

Vitamina B1:

Está relacionada com processos metabólicos (reações químicas) importantes do sistema nervoso, coração, células do sangue e músculos.

Vitamina B2:

Participa das reações químicas essenciais para a conservação dos tecidos, tem propriedades antioxidantes (elimina radicais livres) e é fundamental para a produção de energia corporal.

Vitamina B3:

Participa das reações químicas que geram energia a partir de carboidratos, proteínas e gorduras.

Vitamina B5:

É essencial para o metabolismo (reações químicas) das gorduras e dos carboidratos, além de ser fundamental para a cicatrização dos tecidos.

Vitamina B6:

É essencial para o metabolismo (reações químicas) das proteínas e carboidratos, para o funcionamento do sistema nervoso e imunológico (produção de glóbulos brancos, vermelhos e anticorpos).

Nomes comerciais

Belcomplex, Belexa, Beplexaron, Complevitan