Encontre lojas que entregam na sua região

Gravidez após os 30 anos: uma realidade cada vez mais comum

Publicado na categoria Gravidez em 03 de Janeiro de 2016 | Por Paulo

A idade ideal para se ter filhos depende do nível de maturidade e dos interesses pessoais de cada mulher. Atualmente, são poucas as que escolhem ter filhos antes dos 30 anos. O trabalho quase sempre toma boa parte do tempo livre e o cansaço muitas vezes faz com que a ideia seja cada vez mais prorrogada.

O aumento da expectativa de vida certamente contribuiu para esta escolha. Antigamente as mulheres eram consideradas velhas demais para ter filhos com essa idade. A gestação tardia pode ser benéfica tanto para a mãe, quanto para o bebê.

Uma pesquisa realizada pelo portal Saúde Brasil confirmou que no ano de 2012 o número de gestantes com mais de 30 anos aumentou de 22,5% para 30,2%.

Existem riscos?

Apesar de ser uma realidade cada vez mais comum, esta escolha pode apresentar perigos. Depois dos 35 anos de idade, aumentam as chances de ter um filho com Síndrome de Down. Além disso, após essa faixa etária a mulher se torna menos fértil, o que pode dificultar as chances de engravidar.

Realizar os exames do pré-natal pode ser uma boa forma para evitar complicações durante os futuros 9 meses. A preocupação pode ser um empecilho na hora de engravidar, por isso tenha tudo encaminhado antes de decidir ser mãe.

O lado bom

Esperar mais tempo reduz os casos de depressão pós-parto, já que em sua grande maioria, a gravidez foi planejada. Além disso, com o passar dos anos a mulher se torna mais paciente e experiente, o que facilita o dia a dia cheio de obrigações.

Mesmo com as alterações constantes de humor, a gravidez tende a ser muito tranquila, tudo isso acontece graças às diversas experiências de vida, que permitem lidar melhor com imprevistos e novas situações.

As chances de diagnosticar algum problema logo no início também aumentam. A responsabilidade pela própria saúde e também do bebê se torna muito maior, o que faz a mulher se preocupar mais com a realização periódica de exames.

Cesárea ou parto normal?

O estudo realizado pelo site Saúde Brasil ainda revelou um aumento representativo na quantidade de cesáreas realizadas no país. O procedimento é muito escolhido, principalmente por mulheres acima dos 25 anos de idade, o que gira em torno de 67% das grávidas. Entretanto, a melhor alternativa é o parto normal que - além de outros benefícios - proporciona uma recuperação mais rápida e diminui os riscos de infecções.

© 2017 Consulta remédios. Todos os direitos reservados.

Receba nossos conteúdos diretamente em seu email

Ao concluir você aceita a nossa Política de Privacidade

Produtos relacionados

Posts relacionados

Comentários