Encontre lojas que entregam na sua região

O que é Peste Negra (Bubônica), o que foi, sintomas, tem cura?

Publicado na categoria Problemas de Saúde em 05 de Janeiro de 2017 | Por Maria

O que é peste negra?

A peste negra (peste bubônica) é a doença responsável por ter dizimado um terço da população europeia no século XIV. Causada pela bactéria Yersinia pestis, suas principais características são o surgimento de manchas negras e bolhas na pele.

Durante a Idade Média, quando a medicina era escassa, a doença era capaz de matar em poucos dias ou semanas. Devido a sua alta capacidade de transmissão, estima-se que a doença exterminou entre 25 e 75 milhões de pessoas.

Ao contrário do que muitos acreditam, a peste negra não foi extinta. A Yersinia pestis é hospedeira de pulgas em ratos e outros roedores, e está presente nesses animais até hoje. Existem casos recentes nos Estados Unidos (2015), assim como ainda há endemias em Madagascar, na República Democrática do Congo, e no Peru.

História

Estima-se que a peste negra se originou na Ásia e chegou na Europa através de portos sicilianos (Itália) em 1347. A bordo dos navios mercantes, além de cadáveres e marinheiros gravemente adoecidos, haviam ratos pretos (Rattus rattus) contaminados. Essa espécie de roedor tinha facilidade para conviver com as pessoas e encontrou na Europa medieval o habitat perfeito; a higiene precária da época deixava as ruas cheias de lixo e esgoto.

A rápida propagação dos ratos infectados nos centros urbanos fez com que a doença continuasse se expandindo, mesmo que as vias marítimas fossem bloqueadas. Como a igreja se opunha ao avanço científico e farmacológico, era comum acusar de bruxaria qualquer tentativa de encontrar uma cura. Por isso, muitos não entendiam a origem e os mecanismos da doença, e logo tornou-se conhecimento popular que a peste era, na verdade, um castigo divino para os pecadores. Entretanto, a doença atacava também clérigos e senhores feudais, o que fez com que muitos começassem a questionar o sistema da época.

Alguns especialistas apontam que a epidemia chegou ao fim graças ao ciclo natural da doença. Devido a quantidade de mortos, tornou-se mais difícil propagar a enfermidade. Além disso, muitas cidades foram fechadas para estrangeiros e colocaram seus doentes em quarentena, de modo que evitasse a transmissão para outras pessoas.

Após este período, houve surtos recorrentes até o século XIX e ainda hoje a peste negra não foi erradicada. Por ser uma doença ligada às pulgas em roedores, acredita-se que a única maneira de acabar com ela seria acabar com os roedores, o que torna o processo inviável.

Ainda assim, medidas são tomadas por autoridades para prevenir e tratar pulgas de animais em locais urbanos ou perto de grandes populações. Ademais, o saneamento básico na maior parte das zonas habitadas ajuda a manter a doença controlada na maior parte do mundo.

Índice - neste artigo você irá encontrar as seguintes informações:

  1. O que é peste negra?
  2. Causas e Tipos
  3. Transmissão
  4. Sintomas da peste negra
  5. Diagnóstico
  6. A peste negra tem cura? Como tratar?
  7. Medicamentos para peste negra
  8. Complicações
  9. Prevenção

Causas e Tipos

A peste negra é causada pela bactéria Yersinia pestis e pode apresentar sintomas diferentes dependendo do local onde se aloja.

Apesar de ser conhecida como peste bubônica, esta é apenas uma das classificações da doença. A classificação é feita de acordo com o local afetado.

Bubônica

A peste bubônica tem esse nome pela aparição de bubões (bolhas) na pele, geralmente nas axilas e virilhas. A bactéria ataca o sistema linfático, o que causa o inchaço das glândulas linfáticas. Em consequência da degeneração da área, os bubões tornam-se esverdeados e, depois, abrem feridas altamente contagiosas. Esse tipo também causa a morte dos tecidos (gangrena).

Septicêmica

Quando a bactéria consegue chegar no sistema circulatório, causa hemorragia e falência em vários órgãos, o que forma as manchas negras que deram origem ao nome da doença.

Pneumônica

Podendo ser adquirida através da respiração ou da septicêmica, a peste pneumônica ataca os pulmões e vias aéreas. Neste caso, o infectado apresenta tosse com sangue e pus altamente infecciosos. Se não tratada, a peste pneumônica é mortal.

É comum, ainda, que a bactéria comece afetando o sistema linfático, vá para o sangue e termine nos pulmões, fazendo com que um mesmo indivíduo possa desenvolver os três tipos de peste.

Leia mais: Tuberculose Pulmonar: sintomas, tratamento, o que é, prevenção e mais

Transmissão

Especialistas acreditam que a bactéria, que tinha como hospedeiras as pulgas de roedores, começou a atacar a população humana quando os ratos infectados morreram e as pulgas passaram a pular e picar as pessoas, principalmente na virilha e axilas. Havia, inclusive, pulgas que se alojavam nas roupas dos seres humanos enquanto procuravam outro animal para se alimentar, uma vez que os ratos também morriam rapidamente pela doença.

A transmissão de humanos para humanos é feita através de bubões com feridas abertas, além de secreções como saliva, da tosse e de espirros, no caso da peste pneumônica.

O rato preto, roedor responsável pela epidemia, é raro nos dias de hoje. Entretanto, como o verdadeiro vetor da doença é a pulga, diversos outros roedores podem estar relacionados à transmissão da peste negra. Nos Estados Unidos, há relatos de transmissão em áreas onde há cães-da-pradaria, roedores naturais da América do Norte, além de furões-do-pé-preto e linces-do-Canadá, animais que também estão suscetíveis às pulgas.

O período de incubação da bactéria é de cerca de 7 dias, exceto quando a transmissão é feita por vias respiratórias. Nesse caso, o tempo de incubação é reduzido para 2 ou 3 dias.

Sintomas da peste negra

Os sintomas da peste negra variam de acordo com a sua classificação, mas alguns sintomas são universais para todos os tipos. São eles:

  • - Febre alta (até 40ºC);
  • - Vômito com sangue;
  • - Dor de cabeça;
  • - Dores no corpo;
  • - Fraqueza.

Já os outros sintomas podem aparecer progressivamente, à medida em que a bactéria vai se alojando em outras partes do corpo:

  • - Em caso de peste bubônica, aparecem bolhas azul-esverdeadas e dolorosas, que podem crescer até o tamanho de uma maçã e abrir-se;
  • - Passando para a peste septicêmica, há também o surgimento de manchas pretas grandes e em pouca quantidade, ou pequenas e em grandes quantidades;
  • - Na peste pneumônica, há tosse dolorosa e com sangue.

Diagnóstico

Para diagnosticar a peste negra, é preciso investigar as secreções do paciente. Para isso, o médico recolhe amostras dos líquidos dos bubões, pus, sangue ou saliva, e as deposita em um meio de cultura para uma análise microscópica e bioquímica.

Confirmado o diagnóstico, deve-se começar o tratamento imediatamente: o indivíduo deve ser posto em quarentena e as autoridades devem ser notificadas.

A peste negra é uma doença de notificação compulsória internacional. Isso quer dizer que, independente de onde a pessoa esteja, autoridades sanitárias devem ser avisadas e é obrigatória a investigação do caso.

A peste negra tem cura? Como tratar?

Na Era Medieval, era comum a morte dos pacientes entre 2 e 7 dias após o aparecimento dos sintomas. Hoje em dia, com o avanço da medicina, a doença pode ser tratada e a taxa de mortalidade por peste negra é baixa.

O tratamento é feito com antibióticos e há a necessidade de isolamento durante cerca de 6 dias. Pessoas que convivem com o paciente também devem ser examinadas.

Vale lembrar que o tratamento deve ser iniciado o quanto antes, pois em estágios mais avançados a mortalidade é de 15%, mesmo com tratamento.

Medicamentos para peste negra

Os antibióticos que se mostraram eficazes contra a Yersinia pestis são:

Atenção! 

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas nesse site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica. 

Complicações

As maiores complicações da peste negra são sua alta infecciosidade e a mortalidade alta, no caso de peste pneumônica.

Caso o paciente que se sente mal não procure um médico, pode deixar a doença evoluir e vir a falecer, além de contaminar as pessoas próximas e instalar um novo surto da doença.

Prevenção

Embora não parecesse assim por muitos séculos, é possível prevenir a peste negra. As medidas incluem afastamento de roedores e isolamento de pessoas infectadas.

Algumas medidas a serem tomadas para prevenir a peste negra são:

  • - Eliminar criadouros de vetores como roedores e pulgas;
  • - Erradicar roedores das áreas de habitação;
  • - Promover o saneamento básico em bairros da periferia e cidades pequenas;
  • - Usar repelentes de insetos;
  • - Comunicar às autoridades em caso de suspeita de peste negra;
  • - Manter os pacientes diagnosticados ou com suspeita de peste negra em quarentena.

Nos Estados Unidos, cientistas estão desenvolvendo uma vacina oral para os roedores transmissores da doença. As vacinas serão dadas aos animais em parques e praças movimentadas, a fim de reduzir a incidência de surtos da peste.

Leia mais: O que é Leptospirose, sintomas, cura, tratamento, prevenção e mais

Por ser uma doença histórica, a peste negra é pouca falada hoje em dia, mas ainda existe e as pessoas precisam se prevenir. É de extrema importância que pacientes com os sintomas vão ao médico e sejam tratados.

Se você tem ou conhece alguém que apresenta sintomas parecidos com o da peste negra, consulte seu médico o mais rápido possível.

Referências

http://brasilescola.uol.com.br/historiag/pandemia-de-peste-negra-seculo-xiv.htm
http://www.infoescola.com/doencas/peste-negra-bubonica/
http://www.suapesquisa.com/idademedia/peste_negra.htm
http://escolakids.uol.com.br/peste-negra-na-europa-medieval.htm
https://en.wikipedia.org/wiki/Black_Death
http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/10/151015_peste_eua_tg
https://www.todamateria.com.br/peste-negra/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Peste_negra

© 2017 Consulta remédios. Todos os direitos reservados.

Receba nossos conteúdos diretamente em seu email

Ao concluir você aceita a nossa Política de Privacidade

Produtos relacionados

Posts relacionados

Comentários