9 MEDICAMENTOS COM

Rifamicina

3 Ofertas de R$8,65 até R$21,14
Apenas com Ofertas
Ordenar:

Informações do Rifamicina

Descrição

A rifamicina é utilizada para tratamento de infecções de superfície, causadas por microorganismos sensíveis a rifamicina.

Indicação

Está indicado para:

  • - Tratamento de ferimentos e feridas infectadas; queimaduras;
  • - Furúnculos;
  • - Piodermites;
  • - Dermatoses infectadas;
  • - Úlceras varicosas, pós-flebíticas, ateroscleróticas e diabéticas;
  • - Dermatites eczematóides;
  • - Curativos de feridas pós-cirúrgicas infectadas (adenites, panarícios, supurações de parede).

 

Contra-indicação

A rifamicina é contra-indicada para pacientes com alergia a medicamentos a base de rifamicinas (pessoas alérgicas não devem usar esse medicamento) ou se tem icterícia.

Não há contra-indicação relativa a faixas etárias.

Tipo de receita

Branca 2 vias

Posologia

Uso externo. Pulverizar a área afetada a cada 6-8 horas, ou a critério médico.

Para uma aplicação eficaz, pressione repetidamente a válvula, mantendo o frasco em posição vertical (em pé).

Reações

A aplicação tópica de rifamicina é geralmente bem tolerada. Podem ocorrer casos de manifestações alérgicas cutâneas, em pacientes sensíveis, que regridem com a suspensão do medicamento e com medidas terapêuticas sintomáticas.

Interação medicamentosa

Têm sido relatadas interações com anticoagulantes, ciclosporina e contraceptivos orais com uso sistêmico deste medicamento; também foi observada interação com ciclosporina no tratamento tópico com rifamicina.
Pacientes utilizando contraceptivos hormonais por via oral ou outras vias sistêmicas devem ser advertidos a alterarem para métodos contraceptivos não-hormonais durante o tratamento com este medicamento.

Cuidados/orientações

Em casos de infecções que não respondem com bons resultados após razoável período de tempo, o esquema de tratamento deve ser reavaliado. O uso tópico prolongado pode provocar sensibilização.

Em infecções causadas por estreptococo beta-hemolítico, deve-se comprovar a desaparição completa dos microrganismos para evitar outras complicações posteriores.

Deve ser usado com precaução em pacientes com icterícia.

Não deve ser utilizado durante a gravidez e a amamentação, exceto sob orientação médica. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se ocorrer gravidez ou iniciar amamentação durante o uso deste medicamento.

Ações da substância

RESULTADOS DE EFICÁCIA

Carreras H.C. e Borsotto C.,1981 comprovaram a eficácia de rifamicina S.V. sódica em 50 pacientes com queimaduras, sendo que 47 pacientes apresentaram infecções no local das mesmas. Rifamicina Spray apresentou diminuição de infecções locais e não sendo observadas reações locais.

Armond S., 1973 em seu estudo, envolveu 18 pacientes. Em seus comentários sobre indicações do uso de rifamicina Spray, como furunculose, dermatoses, úlceras varicosas, eczemas microbianos, abscessos, dermatites eczematóides, classifica-os como patologias que foram tratadas com rifamicina e classificadas como resultados ótimo e bom, na quase totalidade de tratamentos. Vega H.C. e Vestidelo S., 1983 em seu estudo confirmou também a eficácia de Rifotrat Spray no tratamento de 160 pacientes que apresentavam queimaduras e lesões ulceradas de pele. O índice de cura foi de 98,7%, a tolerabilidade foi excelente e não foram observadas reações adversas.

Gonzalez C.J. et al., 1981 comprovou a eficácia de Rifotrat Spray em queimaduras, em seu estudo com 25 pacientes com queimaduras de pele, sendo confirmada a rápida recuperação dos mesmos sem a presença de intolerância ao medicamento.
Manzano R. et al., 1974 confirmou também a eficácia de Rifotrat Spray em seu estudo publicado onde seus 25 pacientes com queimaduras de pele que foram tratados com a rifamicina spray, apresentaram acelerada epitelização da pele (média 5 dias) e excelente tolerância a medicação.

CARACTERÍSTICAS FARMACOLÓGICAS

A rifamicina SV é um antibiótico de elevado poder bactericida, com atividade tanto contra germes Gram-positivos como Gram-negativos quando em uso local. Atua particularmente nas infecções que não respondem ao emprego de outros antibióticos e mesmo nas causadas pelos estafilococos penicilino-resistentes.

Doenças relacionadas

infecção

infecção da pele

Especialidades médicas

Infectologia

Nomes comerciais

Arrif, Rifan, Rifasan, Rifocina Spray, Rifotrat

CDB (Denominação Comum Brasileira)

07715.