Logo

Consulta Remédios

7894916506847

Gabaneurin

7 ofertas
Sigma Pharma
Item-1 Princípio ativo: gabapentina Item-3 Necessita de receita. Item-3 Receita retida. Item-3 C1 Branca 2 vias.
Publicidade

Indicações: Estse medicamento é indicado para: tratamento da dor neuropática (dor devido à lesão e/ou mau funcionamento dos nervos e/ou do sistema nervoso) em adultos; como monoterapia e terapia adjunta das crises epilépticas parciais (convulsões), com ou sem generalização secundária, em pacientes a partir de 12 anos de idade.

Contra-Indicações: Não use gabapentina se tiver hipersensibilidade (alergia) à gabapentina ou a outros componentes da fórmula.

- Gravidez e Amamentação.

- Pacientes com problemas renais.

- Crianças menores de 12 anos.

Interação: - Pode ter sua ação diminuída por: Antiácidos.

- Pode ter aumentados os riscos de depressão do SNC com: Álcool e com outros medicamentos depressores do SNC.

O médico precisa avaliar se as medicações reagem entre si alterando a sua ação, ou da outra; isso se chama interação medicamentosa.

Gabapentina usada junto com outros medicamentos anticonvulsivantes pode alterar exames laboratoriais, tais como proteinúria (proteína aumentada na urina). Se você for fazer exames laboratoriais durante o uso dessa medicação avise o laboratório e o médico.

Posologia: Gabapentina só deve ser usada por via oral (engolido), podendo ser usado com ou sem alimentos.

A dose de gabapentina deve ser individualizada, ou seja, ajustada pelo médico de acordo com a resposta ao tratamento.

Uso Oral. Com ou sem alimento.

- Adultos e Adolescentes: Iniciar com 300 mg, 3 vezes por dia.

Limite máximo: 3,600 mg por dia.

Classe Terapêutica: Anticonvulsivante

Categorias: Sistema Nervoso, Convulsão e Epilepsia

Feedback-icon
Anvisa

Todas as informações contidas neste site têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

PROCURE UM MÉDICO E O FARMACEUTICO. LEIA A BULA.