Expectovic

Sem ofertas no momento

Sem ofertas

13,33mg/ml, xarope, frasco com 120ml

EAN 7894164004898
PMC/SP R$ 19,46
Carregando ofertas...

Deixe seu e-mail para ser notificado quando houver ofertas desta apresentação.

Sem ofertas

13,333 mg/ml xpe ct fr vd amb x 120 ml

EAN 7894164000425
PL Produto Liberado
Carregando ofertas...

Deixe seu e-mail para ser notificado quando houver ofertas desta apresentação.

Sem ofertas

13,333 mg/ml xpe ct fr plas trans x 120 ml

EAN 7894164001378
PL Produto Liberado
Carregando ofertas...

Deixe seu e-mail para ser notificado quando houver ofertas desta apresentação.

Bula do Expectovic

- É indicado no tratamento da tosse como expectorante.
- Alívio do broncoespasmo associado à bronquite crônica, asma brônquica ou enfisema.
- Indicado também na tosse alérgica.
- É indicado para o alívio das complicações associadas a processos alérgicos e manifestações alérgicas de doenças respiratórias.

Uso Oral

- Adultos e crianças acima de 12 anos de idade: 1 a 2 colheres das de chá (5 a 10 ml).

- Crianças de 6 a 12 anos de idade: 1/2 a 1 colher das de chá (2,5 a 5 ml).

-Crianças de 3 a 6 anos de idade: 1/2 colher das de chá (2,5 ml).

- Crianças de 1 a 3 anos de idade: 1/4 de colher das de chá (1,25 ml).

- Administrar as doses acima cada 06 horas.

- Durante gravidez e Lactação.
- Hipersensibilidade à fórmula.
- Crianças menores de 2 anos de idade.
- Hipersensibilidade aos componentes da fórmula.
- Pacientes com hipertensão arterial grave, coronariopatia grave, glaucoma, hipertiroidismo, diabetes mellitus, hipertrofia prostática e insuficiência cardíaca.
- Durante Gravidez e Lactação.
- É contra-indicado para recém-nascidos e prematuros.
- Para pacientes em tratamento com hipertensão grave, coronariopatia grave ou hipertireoidismo;.
- Para pacientes que apresentarem hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Resultados de eficácia

Em revisão realizada pelo FDA, a guaifenesina revelou-se como um expectorante efetivo. Foram avaliados mais de 500 pacientes em estudos com a utilização da guaifenesina na dose de 200mg 4 vezes ao dia, comparados ao placebo. Houve melhora significativa com maior facilidade à expectoração, frequência de tosse e melhora da avaliação global. Além disso, o autor também demonstrou que a guaifenesina produz melhora significativa na facilidade de expectoração das secreções de vias aéreas, diminuição da viscosidade da secreção e melhora no clearance da secreção quando comparados ao placebo.

Características farmacológicas

A guaifenesina apresenta a seguinte fórmula química: C10H14O4 , e o nome químico de 3-(2-metoxifenoxi) propano-1,2-diol. A meia-vida biológica da guaifenesina é de 1 hora e tem boa absorção oral. A guaifenesina é metabolizada no sangue e 60% dela é hidrolisada dentro de 7 horas. Apresenta como metabólito o ácido beta-2-metoxifenoxilático. O uso excessivo da guaifenesina, com produção aumentada do metabólito, pode resultar em urolitíase. A excreção da guaifenesina é renal, sendo que não foi detectada a droga sem metabolização na urina após estudo com a administração oral de 400mg.

A guaifenesina é um expectorante que aumenta a eliminação da secreção brônquica pela redução da adesividade e tensão superficial. As secreções com menor viscosidade facilitam a ação ciliar da mucosa do trato respiratório, transformando a tosse seca e improdutiva em uma tosse mais produtiva e com menor frequência. Além disso, a redução da viscosidade melhora a eficácia do clearance mucociliar na remoção de secreções acumuladas.

A guaifenesina parece atuar como irritante dos receptores vagais muscarínicos do estômago, recrutando reflexos eferentes do parassimpático que levam à exocitose glandular de muco com menor viscosidade.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR Reação muito rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento): Gastrintestinais: náuseas, vômitos, diarreias e dor de estômago; Renais: urolitíase (cálculos nas vias urinárias); Dermatológicos: erupções cutâneas e urticária; Neurológicos: dor de cabeça, sonolência e vertigem Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO No caso de intoxicação, caracterizado por vômitos, procure imediatamente assistência médica Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO Consulte seu médico antes de utilizar este medicamento em casos de tosse persistente ou crônica causada por asma, fumo, bronquite crônica ou enfisema ou em casos de tosse acompanhada de muito muco Se após 7 dias de tratamento, a tosse ainda persistir ou vier acompanhada de febre, erupções cutâneas, dor de cabeça contínua ou dor de garganta, seu médico deverá ser consultado Até o momento não foram descritas interações de guaifenesina com outros medicamentos O uso de guaifenesina pode falsamente elevar o texto do ácido vanilmandélico (VMA) para catecolaminas Na necessidade de realização do teste, deve-se orientar o usuário de guaifenesina a descontinuar o uso da mesma 48 horas antes da coleta de urina para o teste Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista Atenção: este medicamento contém açúcar (sacarose), portanto, deve ser usado com cautela em portadores de Diabetes Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento

Até o momento não foram descritas interações da guaifenesina com outros medicamentos.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

DIZERES LEGAIS M S : 1 4493 0005 Farmacêutica Responsável: Gisele Fuchter Filipi – CRF/SC 5201 AIRELA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Rodovia SC 440, km 01, nº 500 – Bairro: Ilhota/Distrito Industrial Pedras Grandes/SC – CEP: 88720-000 CNPJ: 01 858 973/0001-29 INDÚSTRIA BRASILEIRA SIA: 0800 646 2010 [email protected] com br Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica Anexo B Histórico de Alteração da Bula Dados da submissão eletrônica Dados da petição/notificação que altera bula Dados das alterações de bula Data do expediente Nº expediente Assunto Data do expediente Nº expediente Assunto Data de aprovação Itens de bula Versões (VP/VPS)

08/07/2014 Dizeres legais VP/VPS 13,33 MG/ML XPE CT FR VD AMB X 120 ML + COP 13,33 MG/ML XPE CT FR PLAS TRANS X 120 ML + COP 13,33 MG/ML XPE FR PLAS TRANS X 120 ML + COP

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO Expectovic é um líquido límpido, translúcido de cor avermelhada e sabor morango Conservar em temperatura ambiente (temperatura entre 15 e 30 ºC) Proteger da luz e umidade Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem Não use medicamento com o prazo de validade vencido Guarde-o em sua embalagem original Antes de usar, observe o aspecto do medicamento Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças

COMPOSIÇÃO: Cada 15 mL do produto contém: guaifenesina 200 mg veículo q s p 15 mL (mentol, aroma de morango, corante vermelho Bordeaux, metilparabeno, propilparabeno, álcool etílico, sacarose e água purificada) INFORMAÇÕES AO PACIENTE

Informações Profissionais

  • FABRICANTE

    Airela

  • TIPO DO MEDICAMENTO

    Similar

  • NECESSITA DE RECEITA

    Não, Isento de Prescrição Médica

  • PRINCÍPIO ATIVO

    guaifenesina

  • CATEGORIAS DO MEDICAMENTO

    Tosse

  • CLASSE TERAPÊUTICA

    Expectorantes

  • ESPECIALIDADES

VEJA MAIS NO CR PRO
Publicidade