Syntocinon

Ofertas a partir de R$24,10em 3 farmácias

3 ofertas

40ui/ml, solução nasal, spray com 5ml

EAN 7896261014701
PMC/SP R$ 32,44
Ordenar por
Lojas que entregam em: Chácara Maria Trindade, São Paulo - SP
Carregando ofertas...

Buscar por tipo

Sem ofertas

5ui injetável, caixa com 50 ampolas com 1ml

EAN 7896261002906
PMC/SP R$ 123,19
Carregando ofertas...

No momento nenhuma farmácia está ofertando a apresentação deste medicamento.

Deixe seu e-mail para ser notificado quando houver ofertas desta apresentação.

Bula

- Como estimulante uterino.
- Estimulante da lactação, hormônio hipofisário e hormônio pituitário.

USO NASAL
Adultos
Estimulante da lactação: 1 jato de spray em uma ou nas duas narinas, 2 a 3 minutos antes da amamentação ou da retirada do leite por processo mecânico.
Uso Injetável
Indução do trabalho de parto (infusão intravenosa): iniciar com 0,5 a 2 miliunidades por minuto; a cada 15 a 60 minutos, acrescentar 1 a 2 miliunidades por minuto até que a atividade uterina seja adequada (geralmente a dose fica entre 2 e 5 miliunidades por minuto). Raramente doses maiores que 20 miliunidades por minuto são necessárias.
- Aborto incompleto ou aborto terapêutico (infusão intravenosa): 10 UI, a uma velocidade de 20 a 40 miliunidades por minuto.
- Hemorragia pós-partoI: IV 10 UI, a uma velocidade de 20 a 40 miliunidades por minuto (iniciar após a expulsão da criança e preferentemente também da placenta); ou I.M: 10 UI, após expulsão da placenta.

- Hipersensibilidade à fórmula.
- Durante o trabalho de parto, quando ele estiver progredindo normalmente, durante o 1º e 2º estágios do mesmo; para induzir o trabalho de parto, quando a análise dos riscos e benefícios para a mãe e a criança levarem à indicação de cesariana; quando houver padrões hipertônicos ou quando o parto pela vagina for contra-indicado.

Algumas reações adversas são raras (ocorre entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento)
- Reação alérgica grave (anafilactoide) associada à falta de ar (dispneia), pressão arterial baixa (hipotensão) ou
pressão arterial perigosamente baixa (choque).
A proporção de pacientes que podem ser afetados pelas seguintes reações adversas sérias é desconhecida Efeitos na mãe
- Dor torácica decorrente do fluxo sanguíneo insuficiente para o coração (angina);
- Batimentos cardíacos irregulares (intervalo QTc longo);
- Contrações excessivas (hipertonicidade);
- Contrações contínuas (tetania);
- Rompimento do útero (ruptura uterina);
- Retenção de líquidos (intoxicação por água);
- Baixo nível de sódio (sal) no sangue (hiponatremia);
- Sobrecarga aguda de líquidos nos pulmões (edema pulmonar agudo);
- Sensação súbita breve de calor, geralmente por todo o corpo (rubor);
- Coagulação anormal, sangramento e anemia (coagulação intravascular disseminada). Caso você apresente qualquer um desses efeitos, informe ao seu médico imediatamente.
Efeitos no bebê
Contrações excessivas podem causar:
- Baixo nível de sódio (sal) no sangue (hiponatremia neonatal);
Privação de oxigênio (sofrimento fetal);
- Sufocamento por muito pouco oxigênio e/ou dióxido de carbono em excesso (asfixia);
- Morte.
Se qualquer um desses efeitos for grave, informe ao seu médico imediatamente.
Algumas reações adversas são comuns (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento)
- Dor de cabeça;
- Batimentos cardíacos acelerados (taquicardia);
- Batimentos cardíacos lentos (bradicardia);
- Náusea;
- Vômito.
Se qualquer um desses efeitos o afetar de forma grave, informe ao seu médico.
Algumas reações adversas são incomuns (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento)
- Batimentos cardíacos irregulares (arritmia).
Se qualquer um desses efeitos o afetar de forma grave, informe ao seu médico.
Algumas reações adversas são raras (ocorre entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento)
- Erupção cutânea.
Se qualquer um desses efeitos o afetar de forma grave, informe ao seu médico.

Tenha cuidado especial com ocitocina
A ocitocina deve ser administrada por um profissional de saúde. Deve ser administrado em ambiente hospitalar, onde um profissional de saúde qualificado possa monitorar suas contrações e lidar com situações de emergência de maneira adequada.
A ocitocina não deve ser usada por períodos prolongados
- Caso não haja o aumento de suas contrações (inércia uterina resistente à ocitocina);
- Caso você apresente pressão arterial alta, proteína na urina e inchaço (toxemia pré-eclâmptica);
- Caso você apresente problemas cardíacos e/ou circulatórios graves (doença cardiovascular grave).
A ocitocina deve ser usada com cautela
- Caso você apresente propensão à dor torácica (angina, causada por fluxo sanguíneo insuficiente para o coração) em decorrência de problemas cardíacos e/ou circulatórios pré-existentes (doença cardiovascular);
- Caso você apresente batimentos cardíacos irregulares (“síndrome do QT longo”) ou sintomas relacionados, ou esteja recebendo medicamentos conhecidos por causar a síndrome;
- Se você recebeu uma injeção intravenosa rápida (em bolo), isso pode causar redução da pressão arterial (hipotensão), uma sensação súbita breve de calor (rubor), geralmente por todo o corpo, e um aumento na frequência cardíaca (taquicardia reflexa).
Quando a ocitocina é administrada para induzir e intensificar o trabalho de parto:
- Deve ser administrada somente por infusão intravenosa;
- A taxa de infusão deve ser definida para manter o padrão de contração semelhante ao trabalho de parto normal e ajustada para resposta individual. Doses excessivas podem causar contrações contínuas muito fortes (tetânicas) e possível rompimento (ruptura) do útero com complicações sérias para o seu bebê (sofrimento ou morte) e para você.
Tenha cuidado especial com a ocitocina
- Se você tiver sido alertada por um médico ou uma parteira de que o parto normal pode ser difícil em razão da cabeça do seu bebê ser muito grande para passar pela sua pélvis (desproporção céfalo-pélvica);
- Se o seu útero começar a apresentar contrações menos fortes durante o trabalho de parto (inércia uterina secundária);
- Se você apresentar pressão arterial elevada induzida pela gravidez leve ou moderada ou problemas cardíacos e/ou circulatórios (doença cardiovascular);
- Se você tem mais de 35 anos de idade;
- Se você já realizou cesariana com uma incisão logo acima do limite da bexiga (cesariana do segmento inferior);
- Se você apresenta problemas renais (A ocitocina pode causar retenção de água).
- A ocitocina pode raramente causar coagulação sanguínea anormal, sangramento e anemia (coagulação intravascular disseminada);
- A ocitocina em altas doses pode forçar a água no seu útero (líquido amniótico) para a sua circulação sanguínea (embolia por líquido amniótico) durante o trabalho de parto e/ou o momento de dar à luz;
- A ocitocina em altas doses por um período prolongado durante a ingestão ou o recebimento de grandes volumes de líquidos pode causar:
- Plenitude abdominal e dificuldades respiratórias graves (edema pulmonar agudo);
- Um nível baixo de sal (sódio) no sangue (hiponatremia).
Monitoramento do tratamento com ocitocina
Durante a infusão de ocitocina, você e seu bebê serão monitorados atentamente para evitar complicações, de forma que a dose possa ser ajustada para a resposta individual.
Idosos (65 anos ou mais)
- Não há informações sobre o uso em pacientes idosos. A ocitocina não se destina ao uso em idosos.
Crianças e adolescentes (de 2 anos a 17 anos)
- Não há informações sobre o uso em crianças (2-11 anos). A ocitocina não se destina ao uso em crianças;
- Não há informações sobre o uso em adolescentes (12-17 anos). A ocitocina não se destina ao uso em
adolescentes.
Gestação e amamentação
Gravidez
Com base na ampla experiência com o medicamento, sua estrutura química e propriedades farmacológicas, não se espera que a ocitocina apresente risco ao bebê quando usada conforme indicado. Ela deve ser usada somente para iniciar o trabalho de parto sob supervisão médica.
Amamentação
A ocitocina pode ser encontrada em pequenas quantidades no leite materno, porém não se espera que apresente efeitos prejudiciais, uma vez que perde rapidamente sua ação quando absorvido pelo sistema digestivo do seu bebê. Isso explica o motivo pelo qual a ocitocina é seguro para o seu bebê recém-nascido.
Dirigir e operar máquinas
A ocitocina pode induzir contrações. Portanto, deve-se ter cautela ao dirigir ou operar máquinas. Mulheres com contrações não devem dirigir ou operar máquinas.

- Medicamentos anestésicos para alívio da dor local ou regional, especialmente anestesia peridural (injeção de
anestesia local na região da medula espinhal) para alívio da dor durante o parto: A ocitocina pode aumentar o efeito de estreitamento dos vasos sanguíneos desses medicamentos (vasoconstrição) e causar uma elevação na pressão arterial;
- Medicamentos chamados prostaglandinas (usados para provocar [induzir] o trabalho de parto ou tratar úlceras estomacais) e medicamentos similares: A ocitocina pode aumentar o efeito contrátil desses medicamentos sobre o seu útero;
- Medicamentos que podem causar batimentos cardíacos irregulares (intervalo QT prolongado): A ocitocina pode aumentar esse efeito;
- Anestésicos gasosos ou líquidos em forma de vapor para anestesia geral quando inalados (como halotano, ciclopropano, sevoflurano ou desflurano) podem reduzir os efeitos contráteis da ocitocina sobre o seu útero.

O produto deve ser conservado sob refrigeração (temperatura entre 2 e 8°C).
Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido.
Guarde-o em sua embalagem original.
Aspecto: líquido límpido, incolor, praticamente livre de partículas Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.
Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Cada ampola de Syntocinon de 1 mL contém 5 UI de ocitocina. Excipientes: acetato de sódio tri-hidratado, clorobutanol, álcool etílico, ácido acético e água para injetáveis.

Informações Profissionais

  • FABRICANTE

    Novartis

  • TIPO DO MEDICAMENTO

    Referência

  • NECESSITA DE RECEITA

    Sim, Branca Comum

  • PRINCÍPIO ATIVO

    ocitocina

  • CATEGORIAS DO MEDICAMENTO

    Hormônios e Enzimas

  • CLASSE TERAPÊUTICA

    Indutores Do Parto Incluindo Oxitocinas

  • ESPECIALIDADES

VEJA MAIS NO CR PRO
Publicidade

CR Saúde

Farmácias e Especialistas

Pergunte ao Farmacêutico

40ui/ml, solução nasal, spray com  5ml
Apresentação selecionada:
40ui/ml, solução nasal, spray com 5ml