Capilarema

Ofertas a partir de R$28,11em 15 farmácias

Bula

- Em todas as afecções em que a estrutura e função dos vasos estão alteradas,
seja por causa patológica, traumática ou cirúrgica: síndromes varicosas
(úlceras) e pré-varicosas dos membros inferiores, sensação de peso, dor,
edema, cãibras, parestesia, prurido, hemorróida sangrenta ou não, púrpuras
vasculares, petéquias, equimoses.

- Dose de ataque: 2 comprimidos, duas vezes ao dia, durante cinco dias.

- Manutenção: 1 comprimido, duas vezes ao dia ou a critério médico.

- Hipersensibilidade ao produto.
- Gravidez e Lactação.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR A aminaftona é geralmente bem tolerada Este medicamento pode causar reações desagradáveis ocasionais não graves, de leve intensidade como: enjoos, azias, tonturas e dores de cabeça As reações adversas a este medicamento muito raramente foram relatadas, entre os quais casos extremamente raros de crise hemolítica em indivíduos com defeito genético da glicose-6-fosfato desidrogenase (G6PD) nos eritrócitos para os quais o medicamento é contra-indicado As reacções adversas notificadas, vindos principalmente de ensaios clínicos, estão listadas abaixo por classe de sistema de órgãos e frequência Reações muito comuns (ocorrem em 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): Sistema gastrointestinal: Enjoos, azias, tonturas e dores de cabeça Reações comuns (ocorrem entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): Sistema gastrointestinal: Dispepsia (sensação de indigestão) Reações incomuns (ocorrem entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): Doenças do sistema nervoso: tonturas, dor de cabeça Sistema gastrintestinal: dor abdominal superior, náuseas Reações muito raras (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento): Da pele e distúrbios do tecido subcutâneo: erupções na pele, comichão Doenças do sangue e do sistema linfático: anemia hemolítica – favismo (em indivíduos com deficiência de G6PD) Doenças do sistema imunológico: hipersensibilidade Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento 9 O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO

Não existem relatos de intoxicação por superdosagem de CAPILAREMA® Em caso de administrar uma dose maior que a recomendada em bula acidentalmente, deve procurar um médico ou um centro de intoxicação imediatamente O apoio médico imediato é fundamental, mesmo se os sinais e sintomas de intoxicação não estejam presentes Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO A sua urina poderá ter uma coloração ligeiramente vermelha, pois a maior parte da eliminação do aminaftona ocorre pela urina É muito importante que você informe ao seu médico os problemas de saúde que você tenha e todos os medicamentos que estiver utilizando CAPILAREMA® comprimidos não contém açúcar, podendo ser utilizado por pacientes diabéticos Não foram efetuados estudos sobre a habilidade de dirigir ou operar máquinas Não há estudos dos efeitos de CAPILAREMA® administrado por vias não recomendadas, portanto, para sua segurança e eficácia, utilize somente por via oral Gravidez Não há informações disponíveis para aminaftona em pacientes grávidas CAPILAREMA® portanto, não é recomendado para uso durante a gravidez Lactação Não há informações se aminaftona é excretada no leite humano, que é, portanto, contra-indicado durante a amamentação Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista (Categoria de risco na gravidez: categoria B) CAPILAREMA® pode ser usado por pessoas acima de 65 anos de idade, desde que observadas as precauções do produto Não são conhecidas quaisquer restrições ao uso de CAPILAREMA® juntamente com outros medicamentos e alimentos A aminaftona não interage com os derivados de cumarina, nem com as substâncias antifibrinolíticas Experimentalmente foi observada uma inibição parcial da atividade heparínica Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico Pode ser perigoso para a sua saúde 5

DIZERES LEGAIS M S Nº 1 0146 0010 Farm Resp : Dr Roberto Andrade Milan CRF-SP nº 8 956 LABORATÓRIOS BALDACCI LTDA Rua Pedro de Toledo, 520 - Vl Clementino - São Paulo - SP CNPJ: 61 150 447/0001-31 Indústria Brasileira VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA 6705 Anexo B Histórico de Alteração da Bula Dados da submissão eletrônica Dados da petição/ notificação que altera a bula Dados da alterações de bulas Data do expediente N° expediente Assunto Data do expediente N° do expediente Assunto Data de aprovação Itens de bula Versões (VP/VPS)

Dizeres Legais VP/VPS 75 MG COM X 30 75 MG COM X 60 01/04/2015 10451 – MEDICAMENTO NOVO – Notificação de alteração de texto de bula- RDC 60/12 01/04/2015 10451 – MEDICAMENTO NOVO – Notificação de alteração de texto de bula- RDC 60/12 01/04/2015 Alteração de

Dizeres Legais (Alteração do responsável técnico) VP/VPS 75 MG COM X 30 75 MG COM X 60

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO Você deve conservar CAPILAREMA® em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), protegido da luz e da umidade Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem Não use medicamento com o prazo de validade vencido Guarde-o em sua embalagem original Os comprimidos de CAPILAREMA® são de cor bege, circulares, planos e lisos Antes de usar, observe o aspecto do medicamento Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças 6

COMPOSIÇÃO Cada comprimido de CAPILAREMA® contém: aminaftona 75 mg Excipientes q s p 1 comprimido Excipientes: amido, celulose microfina, estearato de magnésio e povidona INFORMAÇÕES AO PACIENTE 1

Informações Profissionais

  • FABRICANTE

    Baldacci

  • TIPO DO MEDICAMENTO

    Referência

  • NECESSITA DE RECEITA

    Sim, Branca Comum

  • PRINCÍPIO ATIVO

    Aminaftona

  • CATEGORIAS DO MEDICAMENTO

    Cardiovasculares

  • CLASSE TERAPÊUTICA

    Vasoprotetores Sistêmicos

  • ESPECIALIDADES

    Angiologia

VEJA MAIS NO CR PRO
Publicidade

CR Saúde

Farmácias e Especialistas

Pergunte ao Farmacêutico

75mg, caixa com 60 comprimidos
Apresentação selecionada:
75mg, caixa com 60 comprimidos