Pristiq

Ofertas a partir de R$78,22em 2 farmácias

2 ofertas

50mg, caixa com 28 comprimidos revestidos de liberação controlada

EAN 7891045013130
PMC/SP R$ 138,81
Ordenar por
Lojas que entregam em: Chácara Maria Trindade, São Paulo - SP
Carregando ofertas...

Buscar por tipo

1 oferta

100mg, caixa com 14 comprimidos revestidos

EAN 7891045013147
PMC/SP R$ 82,34
Ordenar por
Lojas que entregam em: Chácara Maria Trindade, São Paulo - SP
Carregando ofertas...

1 oferta

100mg, caixa com 28 comprimidos revestidos de liberação controlada

EAN 7891045014366
PMC/SP R$ 152,79
Ordenar por
Lojas que entregam em: Chácara Maria Trindade, São Paulo - SP
Carregando ofertas...

Sem ofertas

50mg, caixa com 14 comprimidos revestidos de liberação controlada

EAN 7891045013123
PMC/SP R$ 69,41
Carregando ofertas...

No momento nenhuma farmácia está ofertando a apresentação deste medicamento.

Deixe seu e-mail para ser notificado quando houver ofertas desta apresentação.

Sem ofertas

50mg, caixa com 7 comprimidos revestidos de liberação controlada

EAN 7891045013116
PMC/SP R$ 34,28
Carregando ofertas...

No momento nenhuma farmácia está ofertando a apresentação deste medicamento.

Deixe seu e-mail para ser notificado quando houver ofertas desta apresentação.

Bula

Pristiq (succinato de desvenlafaxina monoidratado) é indicado para tratamento do transtorno depressivo maior (TDM, estado de profunda e persistente infelicidade ou tristeza acompanhado de uma perda completa do interesse pelas atividades diárias normais).

Pristiq deve ser usado apenas por via oral Engula inteiro o comprimido de Pristiq, diretamente com um pouco de líquido.
Tome sempre o medicamento exatamente como orientado por seu médico.
Só o médico deve definir a duração do tratamento.
A dose recomendada de Pristiq é de 50 mg uma vez por dia, com ou sem alimentos.
Para alguns pacientes o médico pode indicar aumento gradativo da dosagem, o que deve acontecer em intervalos de 7 dias.
A dose máxima não pode ser maior do que 200 mg/dia.
Pacientes com Insuficiência Renal (prejuízo na função dos rins): A dose inicial recomendada em pacientes com insuficiência renal grave ou doença renal em estágio terminal (DRET) é de 50 mg em dias alternados.
Pacientes com Insuficiência Hepática (prejuízo na função do fígado): O uso de doses acima de 100 mg/dia não é recomendado.
Pacientes Idosos: Não é necessário ajuste de dose exclusivamente com base na idade.
Descontinuação de Pristiq: Recomenda-se que seja feita gradativamente, sempre sob orientação médica.

Pristiq não deve ser usado em caso de hipersensibilidade (alergia) ao succinato de desvenlafaxina monoidratado, ao cloridrato de venlafaxina ou a qualquer componente da fórmula Pristiq não deve ser utilizado simultaneamente com inibidores da monoaminoxidase (outra classe de antidepressivo) e outros medicamentos que contenham venlafaxina e/ou desvenlafaxina.

A seguir são apresentadas as reações adversas listadas de acordo com a classe de órgão/sistema com as seguintes frequências: muito comum (ocorre em 10% ou mais dos pacientes que utilizam esse medicamento); comum (ocorre entre 1% e 9,9% dos pacientes que utilizam este medicamento); incomum (ocorre entre 0,1% e 0,9% dos pacientes que utilizam este medicamento); rara (ocorre entre 0,01% e 0,09% dos pacientes que utilizam este medicamento); muito rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento); não conhecida (não pode ser estimada a partir dos dados disponíveis).
Distúrbios cardíacos:
Comum: palpitações, taquicardia (aumento dos batimentos cardíacos).
Distúrbios de audição e labirinto:
Comum: vertigem, tinido (escuta de zumbido inexistente).
Distúrbios de visão:
Comum: visão embaçada, dilatação da pupila.
Distúrbios gastrintestinais:
Muito comum: náusea, boca seca, constipação (prisão de ventre);
Comum: diarreia, vômitos.
Distúrbios gerais e condições no local de administração:
Comum: fadiga (cansaço), irritabilidade, astenia (fraqueza), sensação de nervosismo, calafrios.
Distúrbios do sistema imune:
Incomum: hipersensibilidade (reações alérgicas).
Exames laboratoriais:
Comum: aumento de peso, elevação da pressão arterial, perda de peso;
Incomum: colesterol sanguíneo aumentado, triglicerídeos (tipo de gordura) sanguíneos aumentados, prova de função hepática (exames que medem a função do fígado) anormal, prolactina (tipo de hormônio) sanguínea aumentada.
Distúrbios metabólicos e nutricionais:
Comum: apetite diminuído;
Raro: hiponatremia (redução da concentração de sódio no sangue).
Distúrbios musculoesqueléticos, do tecido conjuntivo e dos ossos:
Incomum: rigidez muscular
Distúrbios do sistema nervoso:
Muito comum: cefaleia (dor de cabeça), tontura;
Comum: sonolência, tremor, parestesia (sensações na pele – formigamento, agulhada, por exemplo - sem estímulo), distúrbio da capacidade de sentir gosto, transtorno de atenção;
Incomum: síncope;
Raro: convulsão, distonia (contração lenta, involuntária e repetitiva da musculatura esquelética);
Não Conhecida: síndrome serotoninérgica (alterações do estado mental, dos movimentos entre outras).

Se uma grande quantidade de Pristiq for ingerida de uma só vez, o médico deve ser contatado imediatamente.
O tratamento é composto de:
1- manter as vias aéreas livres e a respiração normal;
2- lavagem gástrica através de sonda colocada a partir da boca até o estômago;
3- uso de carvão ativado.
Não se conhece nenhum antídoto (substância que impeça a ação) específico para a desvenlafaxina.
A indução de vômitos não é recomendada.
Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Pristiq deve ser usado com cautela em pacientes:
(1) com história prévia ou familiar de mania ou hipomania (estado de humor alterado onde há reações de euforia desproporcionais aos acontecimentos);
(2) portadores de glaucoma de ângulo fechado (aumento da pressão dentro do olho);
(3) portadores de hipertensão arterial prévia (aumento da pressão arterial) a quem se recomenda monitorização frequente;
(4) predispostos a sangramentos (por exemplo, os que usam medicações para inibir a agregação das plaquetas – células sanguíneas responsáveis pelo início da coagulação – como o ácido acetilsalicílico e/ou aqueles que usam medicação anticoagulante, como a varfarina).
Pristiq pode induzir o aparecimento de hipertensão arterial em paciente sem história anterior, recomenda-se a monitorização constante da pressão arterial durante o tratamento.
Em alguns estudos observou-se o aumento da quantidade de colesterol no sangue, também é recomendada a realização de exames periódicos para acompanhar os níveis do colesterol no sangue.
Pacientes com angina instável não foram avaliados.
Os antidepressivos podem (geralmente no início do tratamento e nas alterações de dosagem) levar a alteração do comportamento, piora da depressão e ideação suicida.
É importante que você, paciente, e seus familiares fiquem alertas para o aparecimento de ansiedade, agitação, insônia, irritabilidade, hostilidade, impulsividade, acatisia (agitação psicomotora, ou seja, dos pensamentos e movimentos), mania, hipomania (exacerbação do humor, euforia) e qualquer outra alteração do comportamento.
No caso do aparecimento desses sintomas o médico deve ser imediatamente consultado.
Não há estudos que garantam a segurança do feto à exposição a esta medicação.

III) DIZERES LEGAIS MS – 1 2110 0273 Farmacêutica Responsável: Edina S M Nakamura - CRF-SP nº 9258 Registrado por: Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda Rua Alexandre Dumas, 1 860 CEP 04717-904 – São Paulo – SP CNPJ nº 61 072 393/0001-33 Fabricado por: Pfizer Ireland Pharmaceuticals Newbridge – Irlanda Importado e Embalado por: Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda Rodovia Castelo Branco, km 32,5 Itapevi – SP – Brasil CNPJ nº 61 072 393/0039-06 Indústria Brasileira ou Embalado por: Pfizer Pharmaceuticals LLC Vega Baja – Porto Rico Importado por: Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda Rodovia Castelo Branco, km 32,5 CEP 06696-270 – Itapevi – SP CNPJ nº 61 072 393/0039-06.

Pristiq comprimidos revestidos de liberação controlada deve ser conservado em temperatura ambiente (temperatura entre 15 e 30C), antes e após a abertura da embalagem.
Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
Guarde-o em sua embalagem original.

Princípio Ativo: succinato de desvenlafaxina monoidratado.
Cada comprimido de Pristiq 50 mg contém 75,87 mg de succinato de desvenlafaxina monoidratado equivalente a 50 mg de desvenlafaxina.
Cada comprimido de Pristiq 100 mg contém 151,77 mg de succinato de desvenlafaxina monoidratado equivalente a 100 mg de desvenlafaxina.
Excipientes: hipromelose; celulose microcristalina; talco; estearato de magnésio; Opadry® contendo álcool polivinílico, dióxido de titânio, macrogol, talco, óxido de ferro vermelho, óxido de ferro amarelo (para comprimidos de 50 mg) e corante amarelo (para comprimidos de 100 mg).

Informações Profissionais

  • FABRICANTE

    Wyeth/Pfizer

  • TIPO DO MEDICAMENTO

    Referência

  • NECESSITA DE RECEITA

    Sim, C1 Branca 2 vias

  • PRINCÍPIO ATIVO

    Succinato de Desvenlafaxina

  • CATEGORIAS DO MEDICAMENTO

    Depressão

  • CLASSE TERAPÊUTICA

    Anti-Depressivos Snri

  • ESPECIALIDADES

VEJA MAIS NO CR PRO
Publicidade
50mg, caixa com 28 comprimidos revestidos de liberação controlada
Apresentação selecionada:
50mg, caixa com 28 comprimidos revestidos de liberação controlada