Encontre lojas que entregam na sua região

Venolise

1 apresentação
A partir de R$
59,91
Offer highlight

Encontre o menor preço de Venolise

Digite seu CEP para encontrar todas as farmácias que entregam na sua região.
Lojas que vendem e entregam em: Batel - Curitiba - PR
26,7mg, caixa com 30 comprimidos
Venolise

26,7mg, caixa com 30 comprimidos

MS 1186102690048PMC/PR R$ 81,12
Carregando ofertas...

Bula do Venolise

VENOLISE (Melilotus officinalis) é destinado ao tratamento sintomático dos problemas relacionados a varizes, tais como dor, peso nas pernas, câimbras, coceira e inchaço.

Como este medicamento funciona?

VENOLISE (Melilotus officinalis) diminui o inchaço causado por problemas venosos e linfáticos, por melhorar a circulação periférica.

Pacientes com histórico de hipersensibilidade e alergia a qualquer um dos componentes da fórmula não devem fazer uso deste produto.

Não utilizar em mulheres grávidas e lactantes sem avaliação médica do risco/benefício.
É contraindicado em pacientes com úlcera gástrica ou duodenal e pacientes em tratamento com anticoagulantes ou hemostáticos.

Evitar seu uso em pacientes com insuficiência hepática ou com elevação das enzimas hepáticas. Deve-se observar hepatotoxicidade e monitorar as enzimas hepáticas.

Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.

 

Comprimido revestido de 26,7mg – ingerir 1 comprimido uma vez ao dia, podendo ser administrado 2 vezes ao dia.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.
Não interrompa o tratamento sem o conhecimento de seu médico. Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

O que eu devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retome a posologia presente sem a necessidade de suplementação.

“Em caso de dúvidas, procure a orientação do farmacêutico, médico, ou cirurgião-dentista.”

Deve haver cautela no uso do extrato de Melilotus officinalis com ácido acetilsalicílico e anticoagulantes como a varfarina.

Este medicamento não deve ser utilizado em mulheres grávidas e lactantes sem avaliação médica do risco/benefício.

Pacientes com histórico de hipersensibilidade e alergia a qualquer um dos componentes da fórmula não devem fazer uso deste produto.

Se os sintomas persistirem ou se agravarem, procurar orientação médica.

Geralmente seu uso é seguro. Há relatos de poucos efeitos adversos tais como: queimação epigástrica, cefaléia e diarréia. Nenhum efeito adverso severo foi observado.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe a empresa sobre o aparecimento de reações indesejáveis e problemas com este medicamento, entrando em contato através do seu serviço de atendimento ao consumidor (SAC).

Comprimido Revestido de 26,7mg
Cada comprimido revestido contém:
Extrato seco de Melilotus officinalis à18% - .26,7mg (equivalente à 4,8 mg de cumarina)
Excipientes: lactose, celulose microcristalina, estearato de magnésio, glicolato amido sódico, dióxido de silício, talco, polissorbato 80, polietilenoglicol 6000, dióxido de titânio, corante alumínio azul n°2, copolímero ácido metacrílico L30D, copolímero ácido metacrílico L100, simeticona, trietilcitrato, álcool isopropílico e água de osmose.

Alguns dos sintomas de superdosagem são cefaléia, náuseas, dano hepático transitório em pacientes susceptíveis.
Em caso de superdosagem, devem ser realizados procedimentos gerais de lavagem gástrica, assim como tratamento de suporte.

Interações medicamentosas

Deve haver cautela na prescrição do extrato de Melilotus officinalis com ácido acetilsalicílico e anticoagulantes como a varfarina.

Interação Medicamento – Exames Laboratoriais

O extrato de Melilotus officinalis pode causar aumento nos níveis das enzimas do fígado indicando dano hepático.

Interação Medicamento – Doenças

Teoricamente, o uso de Vecasten pode exacerbar doenças hepáticas. Assim, o uso do produto nestes casos deve ser evitado.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Não há relatos até o momento.

Características químicas e farmacológicas

Melilotus officinalis é uma planta perene, cuja distribuição geográfica inclui Europa, América do Norte e Austrália, bem como regiões temperadas da Ásia.

Seu extrato contém: cumarina, ácido cumárico e hidrocumarina.

Farmacocinética:

Estudos em voluntários sadios demonstraram que a cumarina, administrada por via oral, foi rapidamente absorvida, mas apenas 2 a 6% atingiram a circulação sistêmica em sua forma intacta. Isto ocorreu devido a um efeito extenso de primeira passagem com a transformação em 7-hidroxicumarina e seu glicuronídeo.

As meias-vidas de cumarina e o glicuronídeo da 7-hidroxicumarina foram 1,02 e 1,15 hs, respectivamente.

Aproximadamente 90% da dose foi encontrada na urina como glicuronídeo da 7-hidroxicumarina e tem sido hipotetizado que a cumarina é a pró-droga e a 7-hidroxicumarina a droga farmacologicamente ativa.

Farmacodinâmica:

Provavelmente, diferentes mecanismos de ação estão envolvidos na atividade do extrato de Melilotus officinalis: atividade linfocinética, aumento na drenagem linfática por estimulação direta dos vasos linfáticos, melhora da qualidade e velocidade do retorno venoso.

O extrato de Melilotus officinalis possui atividade anti-edematosa e cardiovascular, além da atividade imunomoduladora.

Estudos de segurança pré-clínicos:

O DL50 da cumarina em várias linhagens de ratos variou de 290 mg/kg a 680 mg/kg.

O medicamento deve ser mantido, em sua embalagem original, à temperatura ambiente(entre15 e 30C),aoabrigodaluz,calor e umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Este medicamento é contraindicado para pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula

Informe ao médico ou cirurgião-dentista se estiver fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use o medicamento sem o conhecimento de seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

M.S: 1.1861.0269
Farmacêutica Responsável: Amanda Públio da Silva
CRF: 37.152

Registrado e Fabricado por:

Ativus Farmacêutica Ltda.
Rua Fonte Mécia, 2050 – Caixa Postal 489 – CEP 13.273-900 – Valinhos/SP
CNPJ 64.088.172/0001-41 - Indústria Brasileira.

Comercializado por:
Myralis Pharma Ltda.
Rua: Rogélia Gallardo Alonso, 650 - Cx. Postal 011 -
CEP 13.860-970 Aguaí/SP - CNPJ 04.532.527/0001-18 -
Indústria Brasileira.
SAC 0800-7712010

Informações Profissionais

Fabricante

Ativus

Tipo do Medicamento

Referência

Necessita de Receita

Sim, Branca Comum

Princípio Ativo

Melilotus Officinalis

Categoria do Medicamento

Vasodilatador

Classe Terapêutica

Fitoterápico

Especialidades

Angiologia e Cirurgia Vascular


Publicidade