Encontre lojas que entregam na sua região
0bca922b8ec365dd736126f04865b66766e87223header 1920x320pxAaf853e86d3682d31e22928b1f62a6bcc4d518adheader 1200x600

Condroflex

7 apresentações
A partir de R$
82,64
Offer highlight

Encontre o menor preço de Condroflex

Digite seu CEP para encontrar todas as farmácias que entregam na sua região.
Lojas que vendem e entregam em: Batel - Curitiba - PR
1,5 + 1,2g pó oral 30 sachês com 4,135g
Condroflex

1,5 + 1,2g pó oral 30 sachês com 4,135g

MS 1221400690056PMC/PR R$ 231,52
Carregando ofertas...
Drogaria Nova Esperança
R$ 109,81
IR À LOJA
Global Farma
R$ 109,90
IR À LOJA
Gigafarma
R$ 113,68
IR À LOJA
Drogaria São Paulo
R$ 169,08
IR À LOJA
Farmagora
R$ 179,27
IR À LOJA
Drogaria Net
R$ 179,90
IR À LOJA
Mini Preço Farmácia
R$ 210,91
IR À LOJA
Drogaria Araújo
R$ 227,90
IR À LOJA
Offer highlight

Encontre o menor preço de Condroflex

Digite seu CEP para encontrar todas as farmácias que entregam na sua região.
Lojas que vendem e entregam em: Batel - Curitiba - PR
500 + 400mg, caixa com 60 comprimidos
Condroflex

500 + 400mg, caixa com 60 comprimidos

MS 1221400690031PMC/PR R$ 171,30
Carregando ofertas...
Farmagora
R$ 132,64
IR À LOJA
Drogaria Net
R$ 134,90
IR À LOJA
Drogaria São Paulo
R$ 156,48
IR À LOJA
Drogaria Araújo
R$ 168,90
IR À LOJA
Medic Delivery
R$ 173,39
IR À LOJA
Offer highlight

Encontre o menor preço de Condroflex

Digite seu CEP para encontrar todas as farmácias que entregam na sua região.
Lojas que vendem e entregam em: Batel - Curitiba - PR
500 + 400mg, caixa com 90 cápsulas em gel dura
Condroflex

500 + 400mg, caixa com 90 cápsulas em gel dura

MS 1221400690072PMC/PR R$ 238,10
Carregando ofertas...
Drogaria Nova Esperança
R$ 120,50
IR À LOJA
Drogaria São Paulo
R$ 173,84
IR À LOJA
Farmagora
R$ 204,85
IR À LOJA
Drogaria Araújo
R$ 236,90
IR À LOJA
Offer highlight

Encontre o menor preço de Condroflex

Digite seu CEP para encontrar todas as farmácias que entregam na sua região.
Lojas que vendem e entregam em: Batel - Curitiba - PR
500 + 400mg, caixa com 40 comprimidos
Condroflex

500 + 400mg, caixa com 40 comprimidos

MS 1221400690021PMC/PR R$ 99,02
Offer highlight

Encontre o menor preço de Condroflex

Digite seu CEP para encontrar todas as farmácias que entregam na sua região.
Lojas que vendem e entregam em: Batel - Curitiba - PR
1,5 + 1,2g pó oral 15 sachês com 4,135g
Condroflex

1,5 + 1,2g pó oral 15 sachês com 4,135g

MS 1221400690048PMC/PR R$ 121,82
Carregando ofertas...

Deixe seu e-mail para ser notificado quando houver ofertas desta apresentação.

Offer highlight

Encontre o menor preço de Condroflex

Digite seu CEP para encontrar todas as farmácias que entregam na sua região.
Lojas que vendem e entregam em: Batel - Curitiba - PR
1,5 + 1,2g pó oral 7 sachês com 4,135g
Condroflex

1,5 + 1,2g pó oral 7 sachês com 4,135g

MS 1221400690064PMC/PR R$ 53,06
Carregando ofertas...

Deixe seu e-mail para ser notificado quando houver ofertas desta apresentação.

Offer highlight

Encontre o menor preço de Condroflex

Digite seu CEP para encontrar todas as farmácias que entregam na sua região.
Lojas que vendem e entregam em: Batel - Curitiba - PR
500 + 400mg, caixa com 20 comprimidos
Condroflex

500 + 400mg, caixa com 20 comprimidos

MS 1221400690013PMC/PR R$ 52,12
Carregando ofertas...

Deixe seu e-mail para ser notificado quando houver ofertas desta apresentação.

Bula do Condroflex

Condroflex é indicado no tratamento de artrose ou osteoartrite (doença degenerativa e inflamatória das articulações ou juntas) primária e secundária e suas manifestações.

Como Condroflex funciona?

Condroflex é um medicamento que age sobre a cartilagem que reveste as articulações. O uso do medicamento por períodos superiores a 3 semanas demonstrou uma ação de proteção e de retardo do processo degenerativo e inflamatório da cartilagem, causando assim a diminuição da dor e da limitação dos movimentos que geralmente acontecem em doenças que atingem a cartilagem.

Você não deve usar Condroflex se apresentar uma das situações abaixo

  • Alergia à glicosamina, condroitina ou a qualquer componente da formulação;
  • Durante a gravidez e lactação;
  • Fenilcetonúria;
  • Insuficiência renal severa (problemas nos rins).

Este medicamento está indicado somente para uso adulto.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

Cápsulas

Condroflex Cápsulas deve ser administrado por via oral.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Pó oral

Condroflex Sachês deve ser administrado por via oral.

Deve-se adicionar o conteúdo do sachê em um copo com água, aguardar entre 2 e 5 minutos e só então mexer com o auxílio de uma colher.

Posologia

Cápsulas

Tomar uma cápsula, 3 vezes ao dia, ou 3 cápsulas 1 vez ao dia, segundo orientação médica. A duração do tratamento fica a critério do médico.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento de seu médico.

Pó oral

Tomar 1 sachê por dia ou segundo indicação médica. A duração do tratamento fica a critério do médico.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento de seu médico.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar Condroflex?

Caso haja esquecimento na tomada da dose diária, continuar o tratamento no dia seguinte e tomar apenas o conteúdo de um sachê por dia.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico.

Você deve usar Condroflex com cuidado se apresentar uma das situações abaixo

  • Distúrbios gastrointestinais (na região do estômago e intestino);
  • História de úlcera gástrica (no estômago) ou intestinal (no intestino);
  • Diabetes mellitus;
  • Problemas no sistema hematopoiético (sistema de produção do sangue) ou da coagulação sanguínea devido ao risco anticoagulante da condroitina;
  • Insuficiência renal leve a moderada, hepática ou cardíaca (problemas nos rins, fígado e coração).

Se você apresentar úlcera péptica (úlcera na mucosa do estômago ou duodeno) ou sangramento gastrointestinal durante o tratamento, informe imediatamente seu médico. Poderá ser necessária a suspensão do uso de Condroflex.

Informe ao seu médico se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento de seu médico. Pode ser perigoso para sua saúde.

Os eventos adversos mais comuns são desconforto gástrico, diarreia, náusea, prurido (coceira) e cefaleia (dor de cabeça). Estas reações geralmente são de intensidade leve a moderada.

Pode ocorrer o surgimento de reações alérgicas manifestadas como erupções na pele (rash).

Também foram verificadas reações incomuns como edema periférico (inchaço nas extremidades) e taquicardia (aumento dos batimentos cardíacos); reações raras como sonolência e insônia; reações leves como dispepsia (dificuldade de digestão), vômito, dor abdominal, constipação (prisão de ventre), azia e anorexia (marcada pela diminuição ou perda do apetite).

Informe ao seu médico ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Gravidez e lactação

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

Informe o seu médico caso esteja amamentando.

Cápsulas

Cada cápsula de Condroflex contém:

500mg de sulfato de glicosamina (equivalente a 628 mg de sulfato sódico de glicosamina) e 400 mg de sulfato sódico de condroitina.

Excipientes: povidona K30, estearato de magnésio e álcool etílico (evapora durante a fabricação).

Pó oral

Cada sachê de Condroflex contém:

1,5g de sulfato de glicosamina (equivalente a 1,884 g de sulfato sódico de glicosamina) e 1,2g de sulfato sódico de condroitina.

Excipientes: macrogol, bicarbonato de sódio, ácido cítrico anidro, sacarina sódica, ciclamato sódico, aspartamo e essência de limão (contém corantes de tartrazina e azul brilhante FCF).

Não é conhecido antídoto específico para este produto. Em caso de superdose recomendam-se as medidas de suporte clínico e tratamento sintomático.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

O tratamento concomitante com anti-inflamatórios não esteroidais pode incorrer no agravamento de reações adversas do sistema gastrintestinal, sendo recomendado um acompanhamento médico mais rigoroso nesses casos. Alguns autores da literatura médica descrevem que o uso de glicosamina e condroitina pode incorrer em um aumento da resistência à insulina, porém esses estudos foram realizados com doses muito superiores às indicadas na terapêutica clínica normal e sua validade ainda é discutida por vários outros autores.

Estudos recentes demonstraram que a associação condroitina e glicosamina, quando empregada em pacientes portadores de diabetes mellitus tipo II, não levou a alterações no metabolismo da glicose. Os resultados destes estudos não podem ser extrapolados para pacientes com diabetes mellitus descompensado ou não controlado. É recomendável que pacientes diabéticos monitorem seus níveis sanguíneos de glicose mais frequentemente durante o tratamento com Sulfato de Glicosamina + Sulfato de Condroitina (substância ativa deste medicamento).

O uso concomitante de Sulfato de Glicosamina + Sulfato de Condroitina (substância ativa deste medicamento) com os inibidores da topoisomerase II (etoposídeo, teniposídeo e doxorrubicina) deve ser evitado, uma vez que a glicosamina induziu resistência in vitro a estes medicamentos em células humanas cancerosas de cólon e de ovário.

O tratamento concomitante de Sulfato de Glicosamina + Sulfato de Condroitina (substância ativa deste medicamento) com anticoagulantes como o acenocoumarol, dicumarol, heparina e varfarina, pode levar ao aumento das chances de sangramento, devido a alterações nos valores de INR (International Normalized Ratio).

Há relato de um caso na literatura de potencialização do efeito da varfarina, com consequente aumento dos valores sanguíneos de INR. Portanto, o uso concomitante de Sulfato de Glicosamina + Sulfato de Condroitina (substância ativa deste medicamento) com anticoagulantes orais deve levar em conta avaliações rigorosas do INR.

Glicosamina

Gravidade maior: Doxorrubicinaetoposídeo, teniposídeo

Efeito da interação:

Redução da eficácia das substâncias descritas abaixo.

Mecanismo de ação provável:

Indução das proteínas de stress reguladas pela glicose, resultando na diminuição da expressão da topoisomerase II.

Gravidade moderada: Varfarina

Efeito da interação:

Elevação dos níveis séricos do INR e potencialização dos efeitos anticoagulantes.

Mecanismo de ação provável:

desconhecido.

Gravidade menor: Acetohexamida, acarboseclorpropamida, glimepirida, gliburida, glipizida, metformina, miglitol, pioglitazona, repaglinida, rosiglitazona, tolazamida, tolbutamida, troglitazona.

Efeito da interação:

Redução da eficácia dos agentes antidiabéticos.

Mecanismo de ação provável:

A glicosamina pode diminuir a secreção de insulina por inibição competitiva de glicoquinase nas células beta pancreáticas e/ou alteração de captação da glicose periférica.

Condroitina

Gravidade moderada: antitrombina humana III, bivalirudina, danaparoide, defibrotide, sulfato de dermatano, desirudina, dicumarol, fenindiona, fenprocumona, fondaparinux, heparina, polissulfato de sódico de pentosan, varfarina

Efeito da interação:

Elevação nos níveis séricos do INR e potencialização dos efeitos anticoagulantes.

Mecanismo de ação provável:

desconhecido.

Não há relatos até o momento.

Resultados da eficácia

Eficácia do Sulfato de Condroitina

Conte e col. administraram sulfato de condroitina oral a voluntários em doses individuais de 0,8 g uma vez ao dia ou em doses de 0,4 g duas vezes ao dia: ambos esquemas posológicos aumentaram a concentração plasmática de moléculas exógenas associadas com sulfato de condroitina.

Morreale e col. realizaram um estudo clínico randomizado, duplo-cego, double dummy, com 146 pacientes com osteoartrite de joelho divididos em dois grupos. O objetivo deste estudo era avaliar a eficácia do sulfato de condroitina em comparação com uma droga anti-inflamatória não esteroidal (AINE), diclofenaco sódico, a médio e longo prazo. Durante o primeiro mês, os pacientes do grupo AINE foram tratados com comprimidos de diclofenaco sódico 50 mg 3 x ao dia e sachês de placebo de sulfato de condroitina, 3 x ao dia. Do mês 2 para o mês 3, os pacientes receberam apenas sachês de placebo. No grupo do sulfato de condroitina, os pacientes foram tratados com comprimidos de placebo, 3 x ao dia e sachês de sulfato de condroitina 400 mg 3 x ao dia, durante o primeiro mês; do mês 2 ao mês 3, esses pacientes receberam apenas sachês de sulfato de condroitina. Os dois grupos foram tratados com sachês de placebo 400 mg 3 x por dia do mês 4 ao mês 6. A eficácia clínica foi avaliada através de parâmetros como índice de Lequesne, dor espontânea utilizando-se a escala visual analógica de Huskisson, a dor sob carga usando a escala ordinal de 4 pontos e consumo de paracetamol.

Os pacientes tratados com AINEs demonstraram uma pronta e completa redução dos sintomas, os quais, no entanto, reapareceram após o final do tratamento. No grupo do sulfato de condroitina, a resposta terapêutica apareceu mais tardiamente, porém durou por até 3 meses após o tratamento.

Conclui-se, assim, que o sulfato de condroitina parece ter uma melhora lenta e gradual na atividade clínica da osteoartrite; sendo que este benefício dura por um longo período após o final do tratamento.

Uma metanálise de estudos clínicos randomizados, duplo-cegos, controlados com placebo para avaliar a eficácia da condroitina na osteoartrite de joelho demonstrou um efeito significativo do sulfato de condroitina na redução da taxa de declínio do espaço articular mínimo (0,07 mm/ano, tamanho de efeito padronizado de 0,26, p < 0,0001).

Eficácia do Sulfato de Glicosamina

Giordano e col. conduziram um estudo para avaliar a eficácia e a tolerabilidade da terapêutica do sulfato de glicosamina em pacientes com gonoartrose.

O estudo foi realizado por um período de 12 meses, nos quais foram avaliados os sinais e sintomas da doença, assim como a dosagem de piridinolina urinária. Esse estudo clínico demonstrou que o sulfato de glicosamina tem uma atividade condroprotetora, que foi significativa após os primeiros três meses de terapia. Além disso, esse estudo demonstrou que os eventos adversos devido ao sulfato de glicosamina foram de leve a moderado e não necessitaram descontinuação da medicação.

Pujalic e col. testaram a eficácia e a tolerabilidade do sulfato de glicosamina contra placebo em um estudo prospectivo, duplo-cego, que incluiu 24 pacientes com osteoartrite. Duas cápsulas de 250 mg de sulfato de glicosamina ou placebo foram administrados 3 vezes ao dia, por um período de 6 a 8 semanas. Os parâmetros de eficácia avaliados foram a dor, hipersensibilidade articular e a restrição à movimentação. Observou-se um alívio significativo e precoce dos sintomas no grupo da glicosamina em relação ao grupo placebo, e uma proporção maior e significativa do grupo tratado com glicosamina experimentou uma redução ou desaparecimento dos sintomas no decorrer do estudo.

Estas conclusões foram confirmadas através da avaliação global do médico, cujo resultado foi classificado como “excelente” em todos os 10 pacientes recebendo a droga ativa. Em 6 dos 10 casos no grupo do placebo a classificação foi “razoável” e em 4 analisada como “ruim”. O tratamento foi extremamente bem tolerado, não havendo relato de eventos adversos no grupo glicosamina. Na conclusão, os autores afirmam que o sulfato de glicosamina pode ser considerado um tratamento de primeira escolha para pacientes com osteoartrose.

Reginster e col. realizaram um estudo randomizado, duplo-cego, placebo controlado, com 212 pacientes portadores de osteoartrite de joelho, os quais tomaram 1500 mg de sulfato de glicosamina oral ou placebo uma vez ao dia por 3 anos. Os 106 pacientes no grupo placebo tiveram um estreitamento progressivo do espaço articular, com uma perda média do espaço articular após 3 anos de -0,31 mm (IC 95% - 0,48 a – 0,13). Não houve uma perda significativa do espaço articular nos 106 pacientes do grupo tratado com sulfato de glucosamina: - 0,06 mm (IC 95% - 0,22 a 0,09).

Resultados similares foram encontrados com o estreitamento do espaço articular mínimo. Após avaliação pelo escore de WOMAC, aferiu-se que os sintomas pioraram ligeiramente nos pacientes do grupo placebo em comparação com a melhora observada após o tratamento com o sulfato de glicosamina. Não ocorreram diferenças na segurança ou motivos para retirada precoce da medicação, tanto no grupo de tratamento quanto no grupo placebo.

Uma revisão sistemática analisou estudos duplo-cegos, randomizados, controlados e com duração mínima de 1 ano com relação ao efeito a longo prazo do sulfato de glicosamina na osteoartrite de joelho. A glicosamina foi mais efetiva que o placebo em retardar a progressão estrutural na OA de joelho. O risco da progressão da doença foi reduzido em 54% (rr = 0,46 ; 95% IC: 0,28-0,73; p=0,0011). Outro detalhe observado foi à redução no quadro de dores de forma significativa (ES 0,41; 95 % IC: 0,21 – 0,60, p<0,0001) como também uma melhora da função física (ES 0,46; 95 % IC: 0,27-0,66, p<0,0001).

Portanto, os autores sugerem que o uso de sulfato de glicosamina pode ser seguro e efetivo em retardar a progressão da osteoartrite de joelho e melhorar os sintomas.

Associação de Condroitina + Glicosamina

Um estudo realizado na Faculdade de Medicina da USP em modelo animal de osteoartrite demonstrou uma prevenção significativa na ocorrência de alterações histológicas da cartilagem no grupo que recebeu sulfato de glicosamina e sulfato de condroitina. As alterações bioquímicas que ocorreram em paralelo ao dano histológico foram prevenidas com a administração de condroitina e glicosamina.

Uma pesquisa analisou a ação da glicosamina e condroitina isoladas e dadas em conjunto, sobre o osso subcondral humano. A condroitina demonstrou um efeito direto ao limitar a produção de OPG (osteoprotegerina) e RANKL (ligante do receptor do ativador do fator nuclear Kappa B), dois dos fatores mais importantes envolvidos no processo de remodelação óssea. A glicosamina reduziu significativamente a atividade de reabsorção óssea. A combinação de condroitina e glicosamina resultou em uma acentuada redução na atividade de reabsorção óssea.

Em um estudo duplo-cego, placebo controlado, 100 pacientes com osteoartrite de joelho foram randomizados para receber uma combinação oral de sulfato de condroitina e sulfato de glicosamina ou placebo durante 1 ano. Ao final do estudo, a média da largura do espaço articular mínimo no grupo placebo, foi de 3,52 mm e no grupo de tratamento ativo foi de 3,62 mm. A diferença na largura do espaço articular entre os dois grupos foi estatisticamente significativa (P < 0,01).

Antes do início do tratamento tanto o grupo placebo quanto o grupo ativo apresentaram escore do índice de Lesquene comparáveis (placebo = 4,9 e grupo ativo = 4,6). Ao final de um ano, no grupo placebo o escore médio do índice de Lesquene aumentou de 4,9 para 11,48 e no grupo ativo o escore médio do índice de Lesquene diminuiu de 4,6 para 3,7. A diferença no escore médio do índice de Lesquene entre os dois grupos no final de um ano foi considerada estatisticamente significativa (P< 0,01).

No grupo placebo, o aumento progressivo no escore do índice de Lesquene depois de um ano foi considerado estatisticamente significativo (P < 0,01). No grupo ativo a diminuição no índice de Lesquene no final de um ano foi considerada significativa (P < 0,01).

A análise estratificada do estudo GAIT (Glucosamine/Chondroitin Arthritis Intervention Trial), realizado em 1583 portadores de osteoartrite nos EUA e patrocinado pelo NIH (Instituto Nacional de Saúde), revelou que na parcela de pacientes com dor moderada a grave, a combinação de glicosamina e condroitina proporcionou um alívio estatisticamente significativo na dor, em comparação com o placebo (79,2% tiveram uma redução de 20% (ou mais) na dor versus 54,3% com o placebo; p = 0,002).

Alekseeva e col. realizaram um estudo randomizado que incluiu 90 mulheres com idade entre 40–75 anos portadoras de osteoartrite de joelho. As participantes foram divididas em 2 grupos: o grupo ARTRA (500mg de cloridrato de glicosamina e 500 mg de sulfato de condroitina) com 45 pacientes que ingeriram 1 comprimido de ARTRA 2 X ao dia no primeiro mês e depois 1 comprimido uma vez ao dia nos próximos 5 meses e diclofenaco de sódio 50 mg 2 X ao dia , com gradual redução da dosagem, conforme a redução da dor; o grupo controle recebeu diclofenaco sódico 2 X ao dia durante 6 meses. O grupo ARTRA apresentou uma redução significativa no índice de WOMAC no 4° e 6° mês de estudo (p<0,03). Após 3 meses de tratamento o grupo ARTRA apresentou uma contínua redução do índice funcional e da intensidade da dor, enquanto no grupo controle houve uma elevação da dor, e piora da habilidade funcional articular. A análise do VAS (escala visual analógica) revelou um alívio maior na dor após 4 meses de tratamento no grupo ARTRA (p = 0,008). Enquanto estiveram em uso de ARTRA, os pacientes reduziram a necessidade de ingerir o diclofenaco para a dor. A tolerabilidade do ARTRA foi muito boa.

Nenhum dos sujeitos do grupo ARTRA descontinuaram a terapia em virtude de eventos adversos. No grupo controle, 14 pacientes descontinuaram o uso de diclofenaco em decorrência de eventos adversos.


Características Farmacológicas

Sulfato de Glicosamina + Sulfato de Condroitina (substância ativa deste medicamento) é bem absorvido pelo trato gastrintestinal após administração oral.

A concentração plasmática demonstra uma proporção linear com a dose administrada. Após administração por via oral, a curva de concentração equivale a cerca da metade da obtida com a mesma dose por via intramuscular, devido à metabolização de cerca de 50% da dose, na sua primeira passagem pelo fígado.

Por volta de 99,7% da substância ativa liga-se às proteínas plasmáticas.

O restante é eliminado pela bile, nas fezes. Cerca de 1% é excretado pela urina in natura.

Conservar o produto em sua embalagem original, em temperatura ambiente (entre 15° e 30°C). Proteger da luz, umidade e calor excessivo.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

Cápsulas

Cápsula gelatinosa, contendo um pó de coloração amarelada.

Pó oral

Granulado branco amarelado com pontos esverdeados contido em envelope de alumínio.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

MS - 1.2214.0069

Resp. Téc.:
Marcia da Costa Pereira
CRF-SP nº. 32.700

Registrado por:
Zodiac Produtos Farmacêuticos S.A.
Rodovia Vereador Abel Fabrício Dias, 3400
Pindamonhangaba – SP
C.N.P.J. 55.980.684/0001-27
Indústria Brasileira

Embalado por:
Blisfarma Indústria Farmacêutica LTDA
São Paulo - SP

Venda sob prescrição médica.

Programa Viver Zodiac

Programa card 1 viver zodiac consulta remedios

Mais saúde para sua vida.

O programa Viver Zodiac é um programa de apoio ao tratamento que oferece benefícios na compra dos medicamentos participantes prescritos pelo seu médico, informações e materiais sobre saúde.

No programa Viver Zodiac você poderá contar com:

Benefícios na compra dos produtos participantes;

Dicas de saúde e lembretes via SMS

TV Viver Zodiac com vídeos sobre as patologias;

Seção Viver Ativo com conteúdo exclusivo sobre saúde no site do Programa;

Informações sobre o seu tratamento por e-mail;

Aplicativo Viver Zodiac;

Ligações ativas para apoio ao tratamento.

Participe do Programa que já beneficia mais de 760.000 pessoas em todo o Brasil!

Para ter acesso aos benefícios do Viver Zodiac, basta realizar o seu cadastro gratuitamente aqui pelo site, pelo aplicativo ou telefone 0800 727 0527 (de segunda a sexta das 8h às 20h e aos sábados das 8h às 18h).

Consulte o regulamento e CADASTRE-SE AQUI

Conheça os PRODUTOS PARTICIPANTES


Viver Zodiac TV


Sobre a Zodiac

A Zodiac Produtos Farmacêuticos é uma empresa onde a classe médica e os pacientes são tratados com o máximo respeito e total dedicação. Desde 1991, quando as operações foram iniciadas, definiu-se que o desenvolvimento estaria diretamente ligado ao comprometimento com o bem-estar do paciente e apoio na eficácia da prática médica.

Ao longo das últimas duas décadas, investimos fortemente em pesquisa para lapidar ainda mais a habilidade de reinventar o futuro, promovendo o acesso à saúde sempre com excelência nos produtos comercializados e serviços prestados. E esse objetivo está alicerçado em um time forte que foi cuidadosamente selecionado e treinado.

A Zodiac cresceu, apresentou soluções inovadoras ao mercado nas áreas Oncologia, Músculo Esquelética, Dor, Urologia e Ginecologia e atualmente goza de credibilidade ímpar. E a explicação para essas conquistas está na postura adotada pela nossa equipe de profissionais altamente qualificados: todos na empresa são especialistas em suas áreas.

A empresa atua hoje em dia em segmentos da saúde muito ecléticos, com características distintas e alto nível de concorrência, mas que foram compreendidos profundamente. E nessa afirmação fica evidente um dos diferenciais da Zodiac: a habilidade de entender e atender necessidades e sensibilidades do paciente.

A Zodiac é uma companhia que preza o compromisso com processos seguros, de padrão internacional. No entanto, consegue oferecer flexibilidade para atender as particularidades do mercado nacional. É assim que entendemos que deve ser um laboratório que busca estar alinhado com a qualidade de vida das pessoas.

Para ser possível garantir perenemente esse alto nível de serviços, a Zodiac optou por uma localização estratégica para as bases: uma na cidade de São Paulo (escritório) e outra no município de Pindamonhangaba (fábrica). Com isso, conseguimos estar sempre perto de quem precisa de nossa consultoria e produtos e também garantir uma logística adequada.

O idealismo de ser uma empresa associada ao senso de urgência, persistência e foco em solução, sempre acompanhados de uma dose de customização para satisfazer o cliente, fazem da Zodiac uma empresa diferente dentro do mercado brasileiro. Aqui, compartilhamos esforços internamente para retribuir à sociedade soluções em prol de uma maior qualidade de vida.


Como participar do Programa Viver Zodiac

Passo 1

1. Médico Prescreve

Médico prescreve um dos Produtos Participantes do Viver Zodiac.

Passo 2

2. Você pode se cadastrar no programa

Cadastra-se pelo site, pelo aplicativo ou telefone 0800 727 0527.

Passo 3

3. Após o cadastro

Após o cadastro informe seu CPF na hora da compra em qualquer farmácia conveniada.

Informações Profissionais

Fabricante

Zodiac

Tipo do Medicamento

Medicamento Biológico

Necessita de Receita

Sim, Branca Comum

Categoria do Medicamento

Doenças dos Ossos

Classe Terapêutica

Todos Os Outros Fármacos Com Ação Músculo-Esquelética

Especialidades

Reumatologia

Viver Zodiac para iOS e Android, baixe agora

O programa de apoio ao tratamento da Zodiac: Viver Zodiac

Aqui você poderá realizar a compra de seus medicamentos através de um delivery credenciado, acessar informações, vídeos e artigos sobre a sua saúde e muito mais! Tudo isso à um clique, baixe o APP e aproveite!

Viver Zodiac. Mais saúde para sua vida.