Bi Profenid

Ofertas a partir de R$29,89em 18 farmácias

Buscar por tipo

Relacionados ao medicamento Bi Profenid

Sem ofertas

150mg, caixa com 4 comprimidos

EAN 7891058010355
PMC/SP R$ 18,10
Carregando ofertas...

No momento nenhuma farmácia está ofertando a apresentação deste medicamento.

Deixe seu e-mail para ser notificado quando houver ofertas desta apresentação.

Bula

BI-PROFENID é um medicamento anti-inflamatório, analgésico e antitérmico, sendo indicado no tratamento de inflamações e dores decorrentes dos seguintes casos:
- Processos otorrinolaringológicos: sinusites, otites, faringites, laringites, amigdalites;
- Processos ginecológicos-obstétricos: anexites, parametrites, endometrites,
dismenorreia;
- Processos urológicos: cólica nefrética, orquiepididimites, prostatites;
- Processos odontológicos: periodontites, pulpites, abscessos, extrações dentárias;
- Processos reumáticos: artrite reumatoide, espondilite anquilosante, gota,
condrocalcinose, reumatismo psoriático, síndrome de Reiter, pseudo-artrite, lupus eritematoso sistêmico, esclerodermia, periartrite nodosa, osteoartrite, periartrite escápulo-umeral, bursites, capsulites, sinovites, tenossinovites, tendinites, epicondilites;
- Lesões ortopédicas: contusões e esmagamentos, fraturas, entorses, luxações;
- Algias diversas: nevralgia cérvico-braquial, cervicalgia, lombalgia, ciática, pós- operatórios diversos, enxaqueca com ou sem aura (sintomas que precedem à enxaqueca e que variam consideravelmente entre os pacientes afetando
principalmente, a visão e a audição).

Comprimido ou cápsula: M medicamento deve ser administrado em doses divididas (3 ou 4); ingerir entre 150 a 200 mg por dia.

- O limite da dosagem para adultos não deve ultrapassar 300 mg por dia.
- O medicamento deve ser administrado 2 horas após as refeições ou 30 minutos antes.

Comprimido ou cápsula de liberação prolongada: Deve ser utilizado apenas como dose de manutenção; ingerir no máximo um comprimido/cápsula por dia.

Gotas: Adultos devem ingerir cerca de 50 mg a cada 6 ou 8 horas, dissolvendo o produto em água filtrada. Crianças de 7 a 11 anos devem ingerir cerca de 25 mg a cada 6 ou horas (dissolver em água filtrada). Crianças de 1 a 6 anos devem ingerir 1 mg por kg de peso corporal, a cada 6 ou 8 horas.

Uso tópico em gel: Aplicar o produto 2 ou 3 vezes por dia, no local desejado realizando movimentos circulatórios (massagear).

Uso retal de supositório: Dividir as doses (2 vezes ao dia); utilizar diariamente 200 mg.

Uso injetável:
Diluir 100 mg da solução em um volume de 2 mL; o seu uso deve ser imediato e aplicado no quadrante superior das nádegas.
Via intramuscular: A dosagem máxima em adultos não deve exceder 300 mg; é necessário um intervalo de 12 horas entre as dosagens (100 mg por dose).

Infusão intravenosa: Diluir cloreto de sódio (0,9%) e glicose (5%) em um volume de 100 a 150 mL; o tempo de infusão deve ser de 20 minutos. Não exceder 2 dias de uso; utilizar entre 100 e 300 mg (por dia).

BI-PROFENID é contraindicado em pacientes com histórico de reações de hipersensibilidade ao cetoprofeno, como crises asmáticas ou outros tipos de reações alérgicas ao cetoprofeno, ao ácido acetilsalicílico ou a outros anti-inflamatórios não esteroidais (como diclofenaco, ibuprofeno, indometacina, naproxeno). Nestes pacientes foram relatados casos de reações anafiláticas severas, raramente fatais.
Também é contraindicado nos seguintes casos:
- Insuficiência cardíaca severa.
- Histórico de úlcera péptica ou úlcera péptica ativa/hemorrágica.
- Histórico de sangramento ou perfuração gastrintestinal, relacionada ao uso de AINES. - Insuficiência severa do fígado.
- Insuficiência severa dos rins.
- Terceiro trimestre da gravidez.

Má digestão, dores de cabeça, zumbidos, náuseas, vômitos, excesso de gases no intestino e estômago, inflamação do estômago (gastrite).

Testes de função do fígado anormais, visão embaçada, distúrbios de humor, vasodilatação, reações anafiláticas, anemia hemorrágica, vertigem, hipertensão, asma.

Embora os anti-inflamatórios não esteroidais (AINES) possam ser requeridos para o alívio das complicações reumáticas que ocorrem devido ao lupus eritematoso sistêmico (LES), recomenda-se extrema cautela na sua utilização, uma vez que pacientes com LES podem apresentar predisposição à toxicidade por AINES no sistema nervoso central (SNC) e/ou renal.
As reações adversas podem ser minimizadas através da administração da dose mínima eficaz e pelo menor tempo necessário para controle dos sintomas.
Deve-se ter cautela em pacientes que fazem uso concomitante de cetoprofeno e medicamentos que possam aumentar o risco de sangramento ou úlcera, como corticosteroides orais, anticoagulantes como a varfarina, inibidores seletivos da recaptação de serotonina ou agentes antiplaquetários como o ácido acetilsalicílico (vide Interações Medicamentosas).
Sangramento, úlcera e perfuração gastrintestinais, que podem ser fatais, foram reportados com todos os AINES durante qualquer período do tratamento, com ou sem sintomas prévios ou histórico de eventos gastrintestinais sérios.
Idosos: a frequência das reações adversas aos AINES é maior em idosos, especialmente sangramento e perfuração gastrintestinais, os quais podem ser fatais.
Reações cutâneas sérias, algumas fatais, incluindo dermatite esfoliativa, síndrome de Stevens-Johnson e necrólise epidérmica tóxica, foram reportadas raramente com o uso de AINES. Existe um risco maior da ocorrência destas reações adversas no início da terapia (a maioria dos casos ocorrendo no primeiro mês).
Os pacientes devem ser advertidos sobre o risco de ocorrência de sonolência, tontura ou convulsão durante o tratamento com cetoprofeno e orientados a não dirigir veículos ou operar máquinas caso estes sintomas ocorram.
Assim como para os demais anti-inflamatórios não esteroidais, na presença de doença infecciosa, deve-se notar que as propriedades anti-inflamatória, analgésica e antipirética do cetoprofeno podem mascarar os sinais habituais de progressão da infecção, como por exemplo, febre.
Em pacientes com testes de função hepática anormais ou com histórico de doença hepática, os níveis de transaminase devem ser avaliados periodicamente, particularmente durante tratamento a longo prazo. Raros casos de icterícia e hepatite foram reportados com o uso de cetoprofeno.
Se ocorrerem distúrbios visuais, tal como visão embaçada, o tratamento com cetoprofeno deve ser descontinuado.

- Aumentam o risco de efeitos adversos (renais): Ciclosporina.
- O risco de efeitos adversos (gastrointestinais) são maiores com: Álcool, corticosteróide, ácido acetilsalicílico e outro inflamatório não esteroide.
- Aumentam as chances de sangramentos: Varfarina, anticoagulante oral, heparina, agente trombolítico, cefamandol, cefoperazona, cefotetano, plicamicina, ácido valpróico.
- Aumenta a ação de: Metotrexato, fenitoína, lítio.
- Diminui a ação de: Anti-hipertensivo, diurético (triantereno).
- Aumenta a sua ação: Ácido acetilsalicílico, probenecida.
- Aumenta a intolerância à luz: Medicamento fotossensibilizante.

Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda.
Rua Conde Domingos Papais, 413 CEP 08613-010 - Suzano - SP CNPJ 02.685.377/0008-23 Indústria Brasileira Marca Registrada
OU
Fabricado por:
Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda.
Rua Conde Domingos Papais, 413 CEP 08613-010 - Suzano - SP CNPJ 02.685.377/0008-23 Indústria Brasileira Marca Registrada
Embalado por:
Blisfarma Indústria Farmacêutica Ltda.
Av. Itaboraí, 1425
CEP 04135-001 – São Paulo – SP.

Cada comprimido de BI-PROFENID contém: cetoprofeno.................................................................................................................... 150 mg excipientes q.s.p ................................................................................................. 1 comprimido (lactose mono-hidratada, amido de milho, sílica hidratada, estearato de magnésio, fosfato de cálcio dibásico di-hidratado, hietelose, fosfato sódico de riboflavina).

Informações Profissionais

  • FABRICANTE

    Sanofi-Aventis

  • TIPO DO MEDICAMENTO

    Referência

  • NECESSITA DE RECEITA

    Sim, Branca Comum

  • PRINCÍPIO ATIVO

    Cetoprofeno

  • CATEGORIAS DO MEDICAMENTO

    Analgésico e Antiinflamatórios

  • CLASSE TERAPÊUTICA

    Anti-Reumáticos Não Esteroidais Puros

  • ESPECIALIDADES

    Ginecologia, Ortopedia e traumatologia

VEJA MAIS NO CR PRO
Publicidade

CR Saúde

Farmácias e Especialistas

Pergunte ao Farmacêutico

150mg, caixa com 10 comprimidos
Apresentação selecionada:
150mg, caixa com 10 comprimidos