Transamin

Ofertas a partir de R$6,94em 16 farmácias

Buscar por tipo

Bula

TRANSAMIN está indicado no controle e prevenção de hemorragias provocadas por hiperfibrinólise e ligadas a várias áreas como cirurgias cardíacas, ortopédicas, ginecológicas, otorrinolaringológicas, urológicas, neu- rológicas, em pacientes hemofílicos, hemorragias digestivas e das vias aéreas. Angioedema hereditário.

A dose de TRANSAMIN deve ser ajustada individualmente por paciente. As doses recomendadas devem ser interpretadas como uma diretriz inicial.
Dependendo da gravidade, TRANSAMIN injetável pode ser administrado diretamente na veia, sem qualquer diluição. Nestes casos, recomenda-se que a administração seja o mais lenta possível (1 ml/min).
Adultos:
Fibrinólise local: Injetável – 500 a 1000 mg por injeção intravenosa lenta (1ml/min.) sem diluição, três vezes ao dia. Se o tratamento continuar por mais de 3 dias, recomenda-se o uso da apresentação oral. Alternativa- mente, após injeção intravenosa inicial, o tratamento subseqüente pode ser continuado por infusão venosa. Após diluído, pode ser administrado na dose de 25 a 50 mg/kg/dia. Comprimido - a dose recomendada é de 15 a 25 mg/kg, isto é, 2 a 3 comprimidos, duas a três vezes ao dia.
Fibrinólise sistêmica: Injetável – na coagulação intravascular disseminada, com ativação predominante do sistema fibrinolítico, usualmente uma dose única de 1000 mg por injeção intravenosa lenta (1 ml/min.) é suficiente para controlar o sangramento.
Neutralização de terapia trombolítica: 10 mg/kg por injeção intravenosa lenta.
Crianças:
De acordo com o peso corporal: 10 mg/kg, duas a três vezes ao dia.

TRANSAMIN está contra-indicado em portadores de coagulação intravascular ativa, vasculopatia oclusiva aguda e em pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Em geral, TRANSAMIN é bem tolerado. Entretanto, raramente, podem ocorrer reações gastrintestinais como náuseas, vômitos e diarréias, que regridem com a diminuição da dose.

Até o momento, não existem relatos de casos de superdosagem.

A administração da solução injetável de TRANSAMIN deve ser feita isoladamente. Não misturar nenhuma outra medicação na solução.
A injeção por via endovenosa deverá ser o mais lenta possível. A administração endovenosa rápida pode causar hipotensão ou bradicardia. O ácido tranexâmico é eliminado no leite materno, na proporção de, aproximadamente, 1% em relação à concentração plasmática.

Interações medicamentosas Ácido tranexâmico injetável deve ser aplicado isoladamente Não deve ser misturado com nenhum outro medicamento, nem aplicado no mesmo equipo em que já esteja sendo aplicado outro medicamento, pois as características de ácido tranexâmico injetável podem ser modificadas Não é recomendado o uso de bebidas alcoólicas ou fumo, durante o tratamento com este medicamento Exames laboratoriais Não foram observadas alterações em exames laboratoriais, com o uso do ácido tranexâmico Alimentos O efeito e a eliminação de ácido tranexâmico injetável não são modificados pela alimentação Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico Pode ser perigoso para a sua saúde 5

Reg. MS no 1.0014.0055
Farm. Responsável: Dr. José Vicente Corrêa da Silva — CRF/RJ no 3899 QUÍMICA E FARMACÊUTICA NIKKHO DO BRASIL Ltda.
Rua Jaime Perdigão, 431/445 –- Ilha do Governador
Rio de Janeiro – RJ – BRASIL
C.N.P.J. 33.517.558/0001-06
Serviço de Atendimento ao Consumidor: 0800 282 9911 e (9-021-21) 3393-4266 INDÚSTRIA BRASILEIRA.

Transamin deve ser guardado na sua embalagem original, ao abrigo do calor excessivo (temperatura entre 15° e 30°C), umidade e luz solar direta.

Cada comprimido contém: ácido tranexâmico 250 mg excipiente(*) q s p 1 comprimido (*) excipientes: fosfato de cálcio, amido, álcool polivinílico e estearato de magnésio.

Informações Profissionais

  • FABRICANTE

    Zydus Nikkho

  • TIPO DO MEDICAMENTO

    Referência

  • NECESSITA DE RECEITA

    Sim, Branca Comum

  • PRINCÍPIO ATIVO

    ácido tranexâmico

  • CATEGORIAS DO MEDICAMENTO

    Coagulação

  • CLASSE TERAPÊUTICA

    Antifibrinolíticos Sintéticos

  • ESPECIALIDADES

VEJA MAIS NO CR PRO
Publicidade

CR Saúde

Farmácias e Especialistas

Pergunte ao Farmacêutico

250mg, caixa com 12 comprimidos
Apresentação selecionada:
250mg, caixa com 12 comprimidos