Dolamin

Ofertas a partir de R$15,60em 11 farmácias

Bula

Dolamin® é indicado para o tratamento da dor, seja esta o sintoma principal ou secundário, podendo ser administrado para o alívio das dores de cabeça, musculares, articulares, pós-traumáticas (fraturas, artroses, e rupturas musculares), pós-cirúrgicas e cólicas dolorosas.

Posologia
Em adultos e crianças maiores de 10 anos, as doses podem ser ajustadas de acordo com a intensidade da dor.
• Dor intensa - tomar dois comprimidos de oito em oito horas ou dois comprimidos juntos, inicialmente, seguidos de um comprimido a cada seis horas.
• Dor moderada ou leve - um comprimido, podendo ser repetido a intervalos regulares de seis horas.
Os comprimidos devem ser tomados inteiros, sem mastigar e com líquidos. A dose máxima diária é de seis comprimidos.

• Em pacientes com antecedentes de asma ou espasmo dos brônquios, pólipos nasais, reações alérgicas ou urticária induzidos pela administração de ácido acetilsalicílico (aspirina) ou outros anti-inflamatórios não esteróides.
• Em pacientes portadores de úlcera péptica ativa ou hemorragia digestiva.
• Gravidez
• Lactação
• Pacientes menores de 10 anos.
• Hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes da fórmula.

Dolamin® pode causar inchaço, pressão arterial baixa, suor excessivo, irritação da pele, urticária, coceira, ondas de calor, azia, náusea, desconforto abdominal, dor na região do estômago, diarréia, vômitos, boca seca, tontura, dor de cabeça, sonolência, tremor, estado de euforia, fadiga ou sintomas gripais e hemorragia digestiva.

• Em caso de superdosagem, os sintomas gastrointestinais são os mais comuns e consistem em ardor e dor epigástrica, náuseas e vômitos. Podem aparecer enjôo, sonolência, insônia, zumbidos e cefaléia.
• Estas manifestações aparecem entre uma a duas horas depois da ingestão de Dolamin®, quando são atingidos os níveis sanguíneos máximos da droga.
• Em caso de superdosagem, deve-se procurar orientação médica para que sejam tomadas as medidas necessárias.

Dolamin® deve ser administrado com cautela e em dosagens reduzidas em pacientes idosos, já que a incidência de reações adversas a anti-inflamatórios não esteroidais aumenta com a idade.
• Evitar a ingestão de álcool durante o tratamento.

- Anti-inflamatórios, diuréticos e sais de lítio podem causar mudanças no medicamento.
- Corticosteroides, metotrexato e anticoagulantes orais também podem comprometer a eficácia do medicamento.

ESTE MEDICAMENTO É CONTRAINDICADO NA FAIXA ETÁRIA DE 0 A 10 ANOS. ESTE MEDICAMENTO NÃO DEVE SER UTILIZADO POR MULHERES GRÁVIDAS SEM ORIENTAÇÃO MÉDICA.
INFORME SEU MÉDICO DA OCORRÊNCIA DE GRAVIDEZ NA VIGÊNCIA DO TRATAMENTO OU APÓS SEU TÉRMINO.
ESTE MEDICAMENTO É CONTRAINDICADO DURANTE A AMAMENTAÇÃO. INFORME SEU MÉDICO SE ESTÁ AMAMENTANDO.

INFORME SEU MÉDICO DO APARECIMENTO DE REAÇÕES INDESEJÁVEIS. INFORME SEU MÉDICO SE VOCÊ ESTÁ FAZENDO USO DE ALGUM OUTRO MEDICAMENTO.
NÃO USE MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.

Dra. Márcia Weiss I. Campos CRF-RJ n°. 4499

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO Cuidados de conservação Dolamin® deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15° e 30°C), em sua embalagem original Proteger da luz e da umidade Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem Não use medicamento com o prazo de validade vencido Guarde-o em sua embalagem original Características físicas e organolépticas Comprimido revestido branco, redondo, com a letra D gravada em ambas as faces Livre de partículas estranhas Odor característico Antes de usar, observe o aspecto do medicamento Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças 6

COMPOSIÇÃO: Cada comprimido revestido contém: clonixinato de lisina 125 mg Excipientes: estearato de magnésio, gelatina, amido, manitol, macrogol, celulose microcristalina, álcool isopropílico, cloreto de metileno, talco, hipromelose, dióxido de titânio e triacetina INFORMAÇÕES AO PACIENTE: 1

Informações Profissionais

  • FABRICANTE

    Farmoquímica

  • TIPO DO MEDICAMENTO

    Referência

  • NECESSITA DE RECEITA

    Sim, Branca Comum

  • PRINCÍPIO ATIVO

    Clonixinato de Lisina

  • CATEGORIAS DO MEDICAMENTO

    Analgésico e Antitérmico

  • CLASSE TERAPÊUTICA

    Analgésicos Não Narcóticos E Antipiréticos

  • ESPECIALIDADES

VEJA MAIS NO CR PRO
Publicidade

CR Saúde

Farmácias e Especialistas

Pergunte ao Farmacêutico

125mg, caixa com 16 comprimidos revestidos
Apresentação selecionada:
125mg, caixa com 16 comprimidos revestidos