Encontre lojas que entregam na sua região

Cefanaxil

1 apresentação
Sem ofertas no momento
Veja os genéricos
Offer highlight

Encontre o menor preço de Cefanaxil

Digite seu CEP para encontrar todas as farmácias que entregam na sua região.
Lojas que vendem e entregam em: Batel - Curitiba - PR
500mg, caixa com 8 cápsulas
Cefanaxil

500mg, caixa com 8 cápsulas

MS 1037005380043PMC/PR R$ 48,00
Carregando ofertas...

Deixe seu e-mail para ser notificado quando houver ofertas desta apresentação.

Bula do Cefanaxil

Cefanaxil é indicado no tratamento de infecções causadas por microrganismos sensíveis a este medicamento.

Ação do medicamento

Cefanaxil é um antibiótico cefalosporínico semissintético para uso oral. A eficácia deste medicamento manisfesta-se pela melhora do estado geral do paciente com a regressão dos sinais e sintomas da infecção.

Você não dve utilizar Cefanaxil caso seja alérgico a qualquer componente da formulação ou a outros antibióticos da mesma classe, ou seja, cefalosporinas.

Cefanaxil deve ser administrado por via oral.

Posologia

Cefanaxil pode ser tomado junto às refeições. Você pode tomar Cefanaxil junto com alimentos, diminuindo as reações gastrintestinais indesejáveis.

Adultos

1 a 2g por dia, divididos em duas tomadas de 12 em 12 horas. Em algumas doenças, a critério médico, Cefanaxil poderá ser administrado de 1 a 2g em dose única diária.

Crianças

A dose recomendada para crianças é de 25-50mg/kg/dia, dividido em duas tomadas a cada 12 horas.

Cuidados na administração

Se você tiver disfunção renal, seu médico irá ajustar a dose conforme necessário. Em adultos, a dose inicial é de 1.000mg de Cefanaxil e a dose de manutenção (conforme a taxa de clearance de creatinina) é de 500mg, nos intervalos de tempo abaixo relacionados:

  • - Clearance de creatinina: 0-10mL/min/1,73m² - intervalo de dose: 36 horas;
  • - Clearance de creatinina: 10-25mL/min/1,73m² - intervalo de dose: 24 hora;
  • - Clearance de creatinina: 25-50mL/min/1,73m² - intervalo de dose: 12 horas.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento não pode ser partido ou mastigado.

Uso em crianças

Não há recomendações especiais para crianças.

Prematuros e recém-nascidos

Pacientes prematuros e recémnascidos com idade inferior a 6 semanas e meia, devem usar Cefanaxil com cautela.

Uso em idosos

Não há recomendações especiais para pacientes idosos.

Não há contraindicação relativa a faixas etárias.

Informe ao médico ou cirurgião-dentista o aparecimento de reações indesejáveis.

Advertências

Antes de se iniciar a terapia com Cefanaxil, seu médico irá pesquisar cuidadosamente se você já teve reações alérgicas anteriores a cefadroxila, ou a outras cefalosporinas, penicilinas, e outros medicamentos. Você não deve usar Cefanaxil se apresentar reação alérgica à cefadroxila.

Reações graves de hipersensibilidade aguda podem necessitar de medidas de trata mentoemergencial. Foi descrito colite pseudomembranosa com quase todos os agentes antibacterianos podendo  variar de leve a grave, com risco de vida.

Cefanaxil deverá ser usado com cuidado caso você tenha diminuição na função renal. Se você apresenta disfunção renal confirmada ou suspeita, seu médico poderá recomendar testes laboratoriais adequados, em acompanhamento ao seu tratamento.

O uso prolongado de Cefanaxil poderá resultar no supercrescimento de microrganismos não-sensíveis. Cefanaxil deverá ser usado com cautela caso você tenha histórico de doença gastrintestinal, particularmente colite.

Gastrintestinal

Você poderá apresentar sintomas de colite pseudomembranosa (inflamação do cólon) durante ou após o tratamento. Raramente foi relatado náuseas, vômitos e dispepsia. Pode ocorrer diarreia.

Hipersensibilidade

Em comum com outras cefalosporinas, foi observado reações alérgicas entre as quais coceira, erupção cutânea, urticária e angioedema. Essas reações geralmente desaparecem com a suspensão do uso de Cefanaxil.

Uso durante a Gravidez e Amamentação

Se você estiver grávida, você poderá utilizar Cefanaxil apenas se claramente necessário e sob orientação médica. Cefanaxil é distribuído pelo leite materno. Se você estiver amamentando deve usar este medicamento com cautela.

Se você estiver grávida, você poderá utilizar Cefanaxil apenas se claramente necessário e sob orientação médica.

Cefanaxil é distribuído pelo leite materno. Se você estiver amamentando deve usar este medicamento com cautela.

Cada cápsula contém:

Cefadroxila monoidratada (equivalente a 500mg de cefadroxila) 524,766mg
Excipiente q.s.p. 1 cápsula

Excipientes: estearato de magnésio, laurilsulfato de sódio e celulose microcristalina.

Se você tomar uma quantidade maior do que foi recomendada pelo médico deverá procurar orientações médicas.

Não é necessário nenhum outro tratamento além do suporte geral e observação. Para quantidades maiores que 250mg/kg, induzir o esvaziamento gástrico (indução ao vômito ou lavagem gástrica).

A cefadroxila não deve ser usada em combinação com quimioterápicos bacteriostáticos/antibióticos como tetraciclina, macrolídeos, sulfonamidas ou cloranfenicol, visto que poderá produzir um efeito antagônico.

A administração simultânea com probenicida pode resultar em concentrações séricas de cefadroxila mais elevadas e com duração mais prolongada.

A ocorrência de diarreia pode interferir na absorção de outros medicamentos e, em consequência, poderá afetar a eficácia destes.

Como no caso de outras terapias com cefalosporínicos e penicilínicos é possível ocorrer resultados falso-positivo no teste de Coombs.

Pacientes tratados com cefadroxila podem apresentar resultados falsopositivo nos testes para glicose na urina se reagentes não-enzimáticos forem usados.

Deve-se evitar um tratamento com cefadroxila em combinação com antibióticos aminoglicosídicos, polimixina B, colistina ou altas doses de diuréticos, pois desse modo poderá aumentar o efeito nefrotóxico.

Como em todos os tratamentos com cefalosporínicos (em doses elevadas) a combinação prolongada com anticoagulantes ou inibidores da agregação plaquetária requerem uma monitoração mais estreita dos parâmetros de coagulação com a finalidade de evitar eventuais complicações na forma de hemorragias. A cefadroxila, tal como outros antibióticos, poderá reduzir a segurança dos anticonceptivos orais.

Não há relatos de interação alimentícia.

Resultados da eficácia

Uma meta-análise foi conduzida para comparar a eficácia e segurança da cefadroxila por via oral com a penicilina V oral no tratamento da faringoamigdalite por Estreptococos beta-hemolíticos do grupo A por 10 dias.

Um total de 1646 pacientes com idade <19 anos foram considerados avaliáveis; 1406 doentes foram avaliados utilizando critérios bacteriológicos e 1499 pacientes tiveram resultados válidos para análise de segurança. Os resultados demonstram taxas de resposta significativamente melhores com cefadroxila do que com penicilina V para a cura total (91,8% vs. 81,3%; P <0,05), cura bacteriológica (92,6% vs. 81,4%; P <0,05) e recorrência bacteriológica (4,2% vs. 10,5%; P <0,05).

As taxas de cura clínica foram equivalentes (90,5% vs. 90,2%; P =NS). Os eventos adversos relacionados à administração de drogas ocorreram com pouca frequência e não diferiram significativamente entre os grupos de tratamento (P=NS). Estes resultados indicam que a cefadroxila é, pelo menos, tão eficaz quanto a Penicilina V no tratamento da faringoamigdalite por Estreptococos beta-hemolíticos do grupo A.

Por outro lado, as Diretrizes Brasileiras para o Diagnóstico, Tratamento e Prevenção da Febre Reumática, publicadas em conjunto pelas Sociedades Brasileiras de Cardiologia, Pediatria e Reumatologia, colocam como primeira opção para a prevenção da febre reumática após faringoamigdalite estreptocócica a penicilina benzatina ou penicilina V oral. As cefalosporinas de 1a geração, incluindo a cefadroxila, seriam alternativas aceitáveis à penicilina.

Hebert e cols. conduziram um estudo randomizado mono-cego (investigador) para avaliar a eficácia e segurança da cefadroxila (15mg/kg, duas vezes ao dia) em comparação com a claritromicina (7,5mg/kg, duas vezes ao dia) em 231 crianças (idade entre 6 meses e 12 anos) portadoras de infecções leves a moderadas de pele e tecido subcutâneo. Sucesso terapêutico, definido como cura + melhora clínica, foi observado em 96% dos pacientes tratados com claritromicina e 98% com cefadroxila. Cura bacteriológica foi observada em 96% e 99%, repectivamente. A taxa de eventos adversos foi semelhante entre os grupos.

A cefadroxila foi comparada com o antibiótico de amplo espectro linezolida em um estudo envolvendo crianças e adolecentes (idades entre 5 e 17 anos) portadoras de infecção de pele e tecido subcutâneo não complicadas. Os tratamentos foram feitos por 10 a 21 dias. As taxas de cura no seguimento na população por intenção de tratar (ITT) foram de 88,7% para a linezolida e 86,2% para a cefadroxila. Staphylococcus aureus foi erradicado em 89,6% dos pacientes tratados com linezolida e 88,8% dos pacientes tratados com cefadroxila.

Os eventos adversos foram semelhantes nos grupos de tratamento, e consistiram basicamente de sintomas gastrointestinais. Em conclusão, a cefadroxila foi equivalente à linezolida no tratamento de infecções de pele e tecido subcutâneo e crianças e adolescentes.


Caracteristicas Farmacológicas

Este medicamento contém como princípio ativo a cefadroxila, quimicamente conhecido como ácido (7R)-7-(α-D-4-hidroxifenilglicilamino) 3-metil-3-cefem-4 carboxíico monoidratado.

A cefadroxila é um medicamento cefalosporínico, cuja ação bactericida deve-se à inibição da síntese da parede celular bacteriana.

A cefadroxila é rapidamente absorvida após administração oral e ao final de uma a três horas, obtêm-se as concentrações máximas da substância ativa. Após doses únicas de 500 e 1000mg, os picos médios de concentrações séricas foram de aproximadamente 16 e 28g/mL, respectivamente. Mais de 90% da droga é excretada inalterada na urina dentro de 24 horas. O pico de concentração urinária é de aproximadamente 1800 g/mL após uma dose oral única de 500mg.

Aumentos de dosagem geralmente produzem aumento proporcional na concentração urinária de cefadroxila. A concentração do antibiótico na urina, após dose de 1g, foi mantida bem acima da CIM (concentração inibitória mínima) dos patógenos urinários sensíveis, por 20 a 22 horas.

A cefadroxila não atinge níveis terapêuticos no líquido cefalorraquidiano.

Microbiologia

A cefadroxila é ativa in vitro contra os seguintes microorganismos:

  • Estreptococos beta-hemolíticos;
  • Estafilococos, incluindo cepas produtoras de penicilinase, coagulase-positiva e coagulase negativa;
  • Streptococcus pneumoniae;
  • Escherichia coli;
  • Proteus mirabilis;
  • Klebsiella spp;
  • Moraxella (Branhamella) catarrhalis;
  • Bacteroides spp. (excluindo Bacteroides fragilis).

Outras cepas de organismos sensíveis Gram-negativos incluem algumas cepas de Haemophylus influenzae, Salmonella spp. e Shigella spp.

Nota:

A maioria das cepas de Enterococos (Enterococcus faecalis e E. faecium) são resistentes à cefadroxila.

A cefadroxila é inativa contra a maioria das cepas de Enterobacter spp., Morganella morganii (anteriormente Proteus morganii) e Proteus vulgaris.

Não tem atividade contra Pseudomonas spp. e Acinetobacter calcoaceticus (anteriormente, Mima e Herellea spp).

Testes de Sensibilidade em Disco

Um procedimento laboratorial recomendado utiliza disco com cefalosporina para o teste de sensibilidade; as interpretações correlacionam os diâmetros da zonas de inibição deste disco com os valores de Concentração Inibitória Mínima (CIM) da cefadroxila.

De acordo com este procedimento, um relato de “sensível” indica que o organismo da infecção provavelmente responderá à terapia. Um relato de “resistente” indica que o organismo da infecção provavelmente não responderá à terapia. Um relato de “sensibilidade intermediária” sugere que o organismo deverá ser sensível se a infecção estiver confinada em área onde concentrações adequadas da droga possam ser atingidas como, por exemplo, o trato urinário.

Aspecto físico:

  •  Cápsula gelatinosa;
  • De cor laranja/laranja;
  • Pó levemente amarelado a amarelo.

Características Organolépticas:

As cápsulas de Cefanaxil não apresentam características organolépticas marcantes que permitam sua diferenciação em relação a outras cápsulas.

Não use o medicamento com prazo de validade vencido. Antes de usar observe o aspecto do medicamento.

Durante o consumo este produto deve ser mantido no cartucho de cartolina, conservado em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz e umidade.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para sua saúde.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Venda sob prescrição médica.

Só pode ser vendido com retenção de receita.

M.S. nº 1.0370.0538
Farm. Resp.: Andreia Cavalcante Silva
CRF-GO nº 2.659

Fabricado por:
Nortis Farmacêutica LTDA
CNPJ - 05.127.216/0001-36
Rua João Guilherme 500
CEP 86042-290 Londrina - PR

Registrado por:
Laboratório Teuto Brasileiro S/A.
CNPJ – 17.159.229/0001 -76
VP 7-D Módulo 11 Qd. 13 – DAIA
CEP 75132-140 – Anápolis – GO
Indústria Brasileira

Informações Profissionais

Fabricante

Teuto

Tipo do Medicamento

Medicamento Similar

Necessita de Receita

Sim, C1 Branca 2 vias

Princípio Ativo

Cefadroxila

Categoria do Medicamento

Antibióticos

Classe Terapêutica

Cefalosporinas Orais

Especialidades

Infectologia


Publicidade