Travatan

Ofertas a partir de R$72,23em 15 farmácias

10 ofertas

0,04mg, solução oftálmica, frasco gotejador, com 5,0ml

EAN 7896548197608
PMC/SP R$ 240,78
Ordenar por
Lojas que entregam em: Chácara Maria Trindade, São Paulo - SP
Carregando ofertas...

Buscar por tipo

9 ofertas

0,04mg/ml, solução oftálmica, gotas, 2,5ml

EAN 7896548198636
PMC/SP R$ 120,39
Ordenar por
Lojas que entregam em: Chácara Maria Trindade, São Paulo - SP
Carregando ofertas...

4 ofertas

Bula

Hipertensão intraocular, glaucoma de ângulo aberto.
Indicado para a redução da pressão intraocular em pacientes com glaucoma de ângulo aberto, glaucoma de ângulo fechado em pacientes submetidos previamente a iridotomia e hipertensão ocular.

A dose recomendada é uma gota no(s) olho(s) afetado(s) uma vez por dia à noite.

Hipersensibilidade aos componentes da fórmula.
Durante o uso de lentes de contato.
Hipersensibilidade conhecida à travoprosta.
Gravidez e lactação.

Diminuição da acuidade visual, desconforto ocular, sensação de corpo estranho, dor ocular, coceira, visão anormal, blefarite (alteração ocular), visão borrada, catarata, conjuntivite, olho seco, distúrbio ocular, “flare”, alteração de cor da íris, ceratite (inflamação da córnea), crosta na borda da pálpebra, fotofobia (sensibilidade à luz), hemorragia subconjuntival, lacrimejamento, lesão acidental, angina de peito, ansiedade, artrite, dor nas costas, bradicardia (queda dos batimentos cardíacos), bronquite, dor no peito, síndrome do resfriado, depressão, má digestão, distúrbio gastrintestinal, dor de cabeça, aumento do colesterol, hipertensão, hipotensão, infecção, dor, distúrbios da próstata, sinusite, incontinência urinária e infecção do trato urinário.

A travoprosta é de uso exclusivamente oftálmico e pode alterar gradualmente a coloração dos olhos. Esta alteração pode ser permanente. Há casos de escurecimento da pele envolta dos olhos com o uso deste medicamento.
A travoprosta pode alterar gradualmente os cílios dos olhos tratados. As alterações incluem o aumento do comprimento, espessura, cor e/ou número de cílios.
Casos de ceratite bacteriana (inflamação da córnea) têm sido associados com o uso de frascos dose- múltipla de produtos oftálmicos tópicos. Estes frascos foram inadvertidamente contaminados pelos pacientes, os quais, na maioria dos casos, tinham uma doença corneana intercorrente ou uma ruptura na superfície epitelial.
A travoprosta deve ser usada com precaução em pacientes com história de inflamação intraocular (irite/uveíte) e não deve ser usada em paciente com inflamação intraocular ativa.
Edema macular (acúmulo de líquido na mácula), incluindo edema macular cistóide, tem sido relatado com análogos da prostaglandina F2α. Estes relatos ocorreram principalmente em pacientes afácicos,
pseudofácicos com ruptura de cápsula posterior ou em pacientes com fatores de risco conhecidos para edema macular.
A travoprosta deve ser usada com precaução nestes pacientes.
A travoprosta não foi avaliada no glaucoma inflamatório ou neovascular.
Uso durante a gravidez e lactação
Não existem dados suficientes sobre a utilização de colírio de travoprosta em mulheres grávidas. Estudos em animais com travoprosta revelaram toxicidade reprodutiva. O risco potencial para humanos é desconhecido.
Estudos epidemiológicos controlados com o uso sistêmico de beta-bloqueadores não indicaram efeitos de malformação, mas alguns efeitos farmacológicos, como bradicardia (queda dos batimentos cardíacos) foi observada em fetos ou recém-nascidos. Até agora, nenhum outro dado epidemiológico está disponível.
A travoprosta não deve ser utilizada durante a gravidez, exceto se for necessário.
Desconhece-se se o travoprosta proveniente do colírio é excretado no leite materno. O uso da travoprosta por mulheres na amamentação não é recomendado, deve-se decidir a suspensão da amamentação ou o uso do produto, levando-se em consideração a importância do tratamento para a mãe. Em caso de dúvida, procure orientação médica.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.
Uso em crianças
A segurança e a eficácia não foram estabelecidas para pacientes pediátricos.
Uso em idosos
Não foram observadas diferenças na eficácia e segurança entre pacientes idosos e outros pacientes adultos.
Interferência na capacidade de dirigir veículos e operar máquinas
Depois de instilar travoprosta a visão pode ficar temporariamente embaçada; durante este período não se deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.
Uso junto com outros medicamento oftálmicos
Se você estiver usando mais de um produto oftálmico, deve usá-los com intervalo mínimo de 5 minutos entre cada um.

Informações Profissionais

  • FABRICANTE

    Alcon

  • TIPO DO MEDICAMENTO

    Referência

  • NECESSITA DE RECEITA

    Sim, Branca Comum

  • PRINCÍPIO ATIVO

    Travoprosta

  • CATEGORIAS DO MEDICAMENTO

    Glaucoma

  • CLASSE TERAPÊUTICA

    Antiglaucomatosos

  • ESPECIALIDADES

    Oftalmologia

VEJA MAIS NO CR PRO
Publicidade

Farmácias e Especialistas